Academicismo

O sucesso profissional e o alcance de metas cada vez mais distantes de nosssas capacidades racionais, causa a nulidade de nossas emoções.

Rômulo Carlos
15/07/2010 - 14h40

Academicismo

Karl Max versus Max Weber

Os dois malucos continuam a aterrorizar os alunos de humanas... O meio acadêmico está cheio de heróis do faz de conta! O que Karl Max faria hoje neste mundo globalizado, diante de tantas mudanças do capitalismo selvagem? E Weber com suas idéias revolucionárias de psicologia e ascensão da racionalização?

Com certeza ambos se dariam bem. Principalmente em relação a acumulação do capital, do individualismo (trabalho em equipe é apenas mais um termo 'bonitinho', mas que quase ninguém coloca em prática), da obsessão pelo progresso atrelada a acumulação de riquezas. 

Em uma economia globalizada, a explosão da tecnologia tem sido a mola propulsora do desenvolvimento desenfreado e consequentemente tem contribuído para o isolamento do indivíduo numa sociedade, onde o colaborador se torna frio e distante de seus semelhantes dentro das organizações, movido pela ganância e o poder. A cada dia, nos tornamos frios e distantes, como robôs intelectuais, sem alma e sem sentimentos. 

O sucesso profissional e o alcance de metas cada vez mais distantes de nossas capacidades racionais, causa a nulidade de nossas emoções. Amor, valores éticos, amizade e companheirismo são coisas do passado; as organizações precisam de pessoas proativas, que dediquem tempo integral ao trabalho, para isto promovem finais de semana entre funcionários e sua família dentro da própria empresa.

Nesta selva de pedra, tanto Karl quanto Weber estariam se dando bem com suas idéias corporativistas e stanilistas. Afinal, a ambição das organizações atropela a dignidade de qualquer ser humano em nome do dinheiro, da competição, da falta de escrúpulos... Para se dar bem, hoje em dia, é preciso tomar aulas de 'canalhice' (com raríssimas exceções), quando deveria ser o contrário: todas escolas e universidades deveriam dar aula de como respeitar o próximo. Sinto falta das aulas de educação moral e cívica! Alguém aí sabe cantar o hino nacional?

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias