“Ensinamentos e feridas da Paz no Mundo”

Este artigo é para reflexão sobre o mundo em que vivemos. O que a Humanidade de fato aprendeu nas últimas décadas, cultuou a paz entre os Homens?

Welinton dos Santos - economista e psicopedagogo
30/12/2009 - 17h27

“Ensinamentos e feridas da Paz no Mundo”

Bem esta não é uma verdade, enquanto interesses pelo ouro negro (petróleo) forem fortes na nossa sociedade, conflitos estarão presentes pelo mundo. EUA estão com tropas no Iraque e no Afeganistão, existe um país entre os dois geograficamente, por coincidência é o IRÃ, não é para menos que estão criando formas de defesa. Mas afinal, quem são de fato os terroristas do mundo? A propaganda divulgada é verdadeira? Que instituições estão de fato por trás de vários atentados no mundo? Dúvidas pairam no ar!
      
A maior economia do mundo é sustentada em parte pela riqueza gerada das indústrias bélicas, com produtos que ceifam vidas em várias partes do planeta.
    
No planeta foram mais de 180 conflitos regionais e locais nos últimos dois anos, principalmente na África e Oriente Médio.

O Homem precisa aprender que só com o AMOR, pode transformar a nossa sociedade em plena harmonia, com instrumentos da paz espalhadas pelos povos.

Com menos de 10% do que foi gasto para salvar os bancos do mundo entre 2008 e 2009, daria para acabar com a fome no planeta, então os interesses comerciais se sobressai sobre o direito à vida!
       
Enquanto os interesses comerciais forem superiores ao direito da coletividade, a recuperação ambiental do planeta estará sob forte risco.

Moramos em um mesmo planeta e dependemos dele para viver, por isso, a comunhão de valores, éticas sociais e morais de conduta devem ser analisadas e regimes políticos precisam ser questionados, ou estaremos fadados à extinção da raça humana.

A sustentabilidade é possível com a união de comunidades, de ações coletivas e individuais, mas existe a necessidade do comprometimento de nações com inclinações militares para abordagens e investimentos em setores de desenvolvimento ecológico, energético e outros, se os recursos atuais que são gastos na confecção de armas fossem gastos em soluções de recuperação do planeta, a Humanidade alcançaria patamares ainda não previstos pelos cientistas.
       
A PAZ precisa ser o instrumento de uma nova ordem mundial em que a vida tenha mais valor que a morte.
A construção da paz deve estar presente em cada ato de nossa sociedade e devemos nos questionar e praticá-lo em nosso dia, com os nossos familiares, na escola, na instituição religiosa, em nosso trabalho e principalmente em nossas orações para toda Humanidade.

Nunca foi tão essencial refletir sobre este assunto como agora, ou os fenômenos meteorológicos ou os sentimentos hostis de líderes políticos abalarão o nosso futuro.

A bandeira da paz deve ser espalhada por todos os meios de comunicação possíveis, bem como a tolerancia, o entendimento, o conhecimento, a ética, como o reflexo do espelho do AMOR! Pense nisso.

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias