Criança luxo

Francyelle Vergutz fala sobre a moda para os pequenos, que está mais do que na moda, está em alta, e movimenta grandes negócios.

Francyelle Vergutz
26/01/2009 - 14h01

Criança luxo

A cada dia que passa a criançada está gastando mais e querendo cada dia o melhor, o mais sofisticado. Um público que às vezes nem fala direito mas já sabe muito bem o que escolher para usar! 

Essa moda vem mexendo e colocando cada dia mais os estilistas de cabelo em pé. Unir o estiloso ao mimo sem deixar que a vaidade supere a idade desse publico tão exigente é cada dia mais complicado porém muito divertido e levado muito a sério.
 
Na última edição da Feira Internacional de Moda Infantil e Juvenil (FIMI), que ocorreu durante os dias 16 e 18 de Janeiro, em Valência, na Espanha, foi verificado de perto o quanto um evento infantil se torna rentável e importante para esse segmento.
 
A cada temporada, a feira vende cerca de 60% de tudo que é apresentado em seus pavilhões. Somente no último ano, o rendimento foi em torno de 608 milhões de euros, o que representou um aumento em torno de 0,44 % em relação às edições anteriores: no total de 220 expositores e 394 marcas.
 
Outro evento de peso é a feira Pitti Imaginne Bimbo, realizada entre os dias 22 e 24 de Janeiro em Florença, na Itália. É considerado o evento de maior destaque no setor infantil. Ele chega à sua 68ª edição afirmando-se como lançador de tendências infantil.
 
Aqui no Brasil vamos dar destaque a Feira Internacional do Setor Infantil•Juvenil/Teen•Bebê (FIT) que foi realizada entre os dias 20 e 23 de Janeiro de 2009 no EXPO Center Norte (Pavilhão Vermelho), em São Paulo. O complexo de exposições é composto por seis pavilhões e nove auditórios, além de 11 pontos de acesso, sendo considerada o maior evento infanto-juvenil da América Latina.
 
Já consolidada no setor, a FIT de Junho de 2008 gerou negócios na ordem de R$ 132 milhões, o que corresponde a um aumento de 15%, além de ter contado com compradores internacionais, vindos da Espanha, Grécia, Colômbia, México, Venezuela e Argentina.
 
A moda infantil é um dos segmentos do vestuário que mais tem evoluído nos últimos anos. Tanto é que grandes marcas estão investindo pesado no segmento. De acordo com dados da ABIT, no Brasil, o setor infantil representa cerca de 20% das vendas no mercado e produz aproximadamente 900 milhões de peças por ano.
 
A próxima edição da FIMI acontece entre os dias 20 e 22 de Junho e apresentará os lançamentos para o verão 2010.
 
Essa é uma grande dica para quem esta no mercado. Colocar os pequenos no meio dos negócios é fazer grandes negócios!

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias