CARMO DO PARANAÍBA: Mulher morre após ser atropelada pelo caminhão do próprio companheiro

A vítima foi encontrada sem vida, ao lado da motoneta que conduzia.

Igor Nunes
22/06/2020 - 08h28

CARMO DO PARANAÍBA: Mulher morre após ser atropelada pelo caminhão do próprio companheiro

Um caso chocante aconteceu na noite deste domingo (21/06) em Carmo do Paranaíba. Uma mulher de 42 anos morreu após ser atropelada, juntamente com a motoneta que conduzia, pelo caminhão do próprio companheiro. O fato aconteceu na Avenida Zico da Usina, no Bairro Paraíso.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para registrar um acidente de trânsito na Avenida Zico da Usina, esquina com a Rua Monte Carmelo. Ao chegar no local, juntamente com uma ambulância, os policiais depararam com a vítima Elaine Cristina dos Santos Ferreira, de 42 anos, caída e já sem vida ao lado da motoneta Honda/Biz de cor rosa, que estava toda danificada.

Através de conversa com testemunhas, preliminarmente não foi possível identificar qual o veículo teria envolvido no acidente com a motoneta. Após conversa com o filho da vítima, ele alegou que a mãe, juntamente com o companheiro, teria feito uso de bebida alcóolica durante todo o domingo e que eles teriam tido uma discussão. A mulher teria ameaçado chamar a polícia, momento que o companheiro pegou algumas roupas, saiu de casa e foi até o caminhão dele, que utilizava para fazer transporte de leite.

O caminhoneiro teria saído com o veículo, sendo que a mulher foi atrás com a motoneta. Através do sistema de vídeo monitoramento (Programa Olho Vivo), foi possível visualizar que na Rua Sete de Setembro o caminhão estava parado enquanto o casal conversava. Em certo momento, a vítima se posicionou com a motoneta em frente ao caminhão para tentar impedir que o caminhoneiro deixasse o local. O homem então conseguiu sair com o caminhão, sendo acompanhado pela mulher na motoneta sentido a Avenida Zico da Usina.

A perícia da Polícia Civil constatou marcas condizentes com os pneus de um caminhão no local. Após rastreamentos, a Polícia Militar encontrou o veículo do companheiro da vítima estacionado na Rua José Albino de Oliveira, ao lado de um barracão. O perito esteve no local e constatou marcas no para-choque dianteiro do caminhão, sendo que havia tinta com a cor da motocicleta da vítima.

A Polícia Militar segue rastreamentos para tentar localizar o companheiro da vítima. O caminhão foi apreendido, já que ficou constatado pelo menos uma omissão de socorro. A vítima não era habilitada para condução de veículo. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal – IML de Patos de Minas e depois liberado aos familiares. A Polícia Civil investiga o caso.


  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
Fotos e informações: Julio César

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias