Aniversário sem festa, 128 anos de Patos de Minas é comemorado com chuva e sem presença do prefeito

José Eustáquio continua internado após ser diagnosticado com dengue e não pôde participar da sessão cívica.

Igor Nunes
24/05/2020 - 10h51

Aniversário sem festa, 128 anos de Patos de Minas é comemorado com chuva e sem presença do prefeito

Patos Notícias

Dia 24 de Maio, data que comemoramos o Dia Nacional do Milho e o Aniversário de Patos de Minas. Mas esta data em 2020 ficará marcada como um domingo nebuloso, não só pela chuva que há anos não caía neste dia comemorativo, mas também pela comemoração simples, singela e restrita. Apenas uma pequena sessão cívica foi realizada pela manhã na sede da Prefeitura de Patos de Minas. Por força maior, até o prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio Rodrigues, não pôde estar presente.

A Banda de Música do 15º Batalhão da Polícia Militar bem que tentou, chegou a tocar música em frente ao antigo fórum logo pela manhã, mas a chuva impediu que estes militares percorressem as ruas da cidade com o belo som dos instrumentos musicais. A banda então foi para a sede da Prefeitura de Patos de Minas, onde lá pôde tocar o Hino Nacional, o Hino de Pastos de Minas e o tradicional Parabéns para Você, mesmo que apenas uma vez em ritmo mais lento.

A Prefeitura de Patos de Minas realizou uma sessão cívica bem simples, com poucas autoridades. Além do mestre de cerimonias falar um pouco da história de Patos de Minas, o vice-prefeito Paulo Mota, representando o prefeito José Eustáquio que está internado num hospital particular, e o vereador Brás Paulo, representando a Câmara Municipal de Patos de Minas, discursaram neste dia 24 de maio, aniversário de 128 anos da cidade.

Desta vez, não teve a bela apresentação de alunos de escolas públicas, não teve bolo, nem desfile na avenida, não teve shows na praça ou na Fenamilho, resumindo: não teve festa. A opção do patense é seguir as recomendações do “Fique em Casa” e torcer para que a situação melhore e que anos assim não se repita.

A pandemia do coronavírus (COVID-19) não pode apagar a importância da data. Mesmo com este ar sombrio, o patense tem que seguir forte, firme e deve lembrar que tudo vai passar. Não vamos esquecer disso, pois aniversário assim são atípicos. Parabéns a Patos de Minas, esta cidade forte, próspera e acolhedora. Cheia de riqueza, de fé e de esperança. Parabéns ao povo patense por entender o momento de dificuldade e saber respeitar ao próximo.

Estes são os votos de Igor Nunes e do PATOS NOTÍCIAS.


  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias