Suspeitos de tentativa de homicídio em Serra do Salitre são presos em Patrocínio

Os policiais apreenderam o veículo dos criminosos todo cravado de balas.

Igor Nunes
22/05/2020 - 12h13

Suspeitos de tentativa de homicídio em Serra do Salitre são presos em Patrocínio

A Polícia Militar prendeu nesta quinta-feira (22/05) três homens de 18, 22 e 23 anos que são suspeitos de participar de uma tentativa de homicídio a um produtor rural. O crime aconteceu na Fazenda Cachoeira, no município de Serra do Salitre/MG. Os bandidos disseram a polícia que erraram a fazenda e que o alvo do crime seria outra pessoa. A vítima dos disparos está internada em estado grave.

Três homens e uma mulher foram até a fazenda num carro Ford/Focus Sedan de cor prata, com placas de Uberlândia/MG, e atiraram contra um idoso, que foi atingido no braço. A vítima conseguiu entrar para dentro da sede da fazenda, onde pegou uma espingarda calibre 12 dele e, mesmo baleado, revidou os disparos. Os criminosos então entraram no veículo e evadiram da fazenda em alta velocidade.

Segundo informações da Polícia Militar, os militares receberam a informação de uma possível tentativa de assalto à fazenda onde uma vítima havia sido baleada. Pouco depois, houve outra informação de que havia um veículo parado na rodovia, próximo ao trevo de acesso a Serra do Salitre, com diversas marcas de bala na lataria e com pneu furado.

Uma equipe da Polícia Militar foi para o local, enquanto outras equipes montaram um cerco nas rodovias de acesso a Patrocínio. O veículo ocupado pelos suspeitos furou o cerco bloqueio em alta velocidade. Os policiais fizeram o acompanhamento, momento que os bandidos entraram no meio de um cafezal, às margens do Bairro Serra Negra, e abandonaram o veículo.

Após rastreamentos, já na BR-365, os policiais abordaram um veículo de aplicativo ocupado por dois rapazes, de 22 e 19 anos. Pouco depois, durante os rastreamentos, os policiais localizaram outro suspeito, de 23 anos. Ele relatou ter dispensado a arma, estilo garrucha de dois canos, numa vegetação. A namorada do rapaz de 23 anos, que também participou da ação, não foi encontrada.

Os suspeitos disseram a polícia que foram contratados para matar o proprietário da fazenda e que cada um receberia a quantia de cinco mil reais. Eles disseram ainda que erraram a propriedade rural e que o alvo não seria a vítima dos disparos. Os suspeitos não quiseram informar quem seria o contratante da ação.

O veículo usado na ação foi apreendido. Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Patrocínio. Segundo informações da PM, o estado de saúde da vítima é grave. O disparo teria atravessado o braço e atingido o pulmão da vítima, que sofreu uma pneumotórax.


  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria

Patos Notícias


Patos Notícias