Startup participante do VACATHON é classificada para o “Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe”

A equipe é orientada pelo oCEANo, pelo NIT e pela Farol Incubadora.

01/04/2020 - 09h37

Startup participante do VACATHON é classificada para o “Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe” Equipe Cioflash

A startup CioFlash irá participar do “Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe”, promovido pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), instituição financeira internacional e agência especializada das Nações Unidas com sede em Roma, na Itália.

A CioFlash teve início em 2019, ao participar do “VACATHON”, competição organizada pela Cooperativa Mista Agropecuária de Patos de Minas (COOPATOS), em parceria com o Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM), por meio do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT); do Centro de Empreendedorismo e Aceleração de Negócios (oCEANo); e da Farol Incubadora de Empresas. A competição aconteceu em agosto de 2019, durante a “16ª edição da Semana COOPATOS”, realizada no Centro de Convenções e Eventos (CCE).

O VACATHON é uma maratona voltada para jovens cooperativistas e estudantes do agronegócio.  Na ocasião, os participantes foram separados em equipes e identificaram “dores” do mercado do leite. A fim de saná-las, eles propuseram soluções previamente validadas.

De acordo com uma das integrantes da startup, a aluna do 9º período de Medicina Veterinária, Yasmine Oliveira dos Santos, a CioFlash desenvolveu um detector de cio bovino, que viabiliza uma inseminação mais efetiva, otimizando o trabalho no campo. “Composto por um hardware e um software, o detector oferece uma redução no custo de produção, por garantir um melhor aproveitamento do cio natural diminuindo os gastos com protocolos hormonais, aumentando também a receita da propriedade devido à elevação da taxa de concepção do rebanho, trazendo um ganho de patrimônio com um rebanho geneticamente superior, agregando valor deste no mercado”, explicou Yasmine Oliveira.

O coordenador do oCEANo, professor Fernando Dias da Silva, explica a importância do projeto desenvolvido. “A inovação aberta pode ser a solução para dificuldades enfrentadas pelas empresas, quer sejam pequenas, médias ou grandes. Além é claro, de estimular os alunos e a comunidade em geral a desenvolverem novos modelos de negócios e fomentar o ecossistema regional”, ressaltou Fernando Dias.

Yasmine Oliveira afirma ainda que participar do VACATHON foi essencial. “O VACATHON foi o principio de tudo. Todos os universitários se empenharam ao máximo, para resolverem as ‘dores’ que acometem o trabalhador rural, que muitas vezes se encontra com recursos e conhecimentos limitados para executar suas atividades de maneira otimizada”, destacou Yasmine Oliveira.

O “Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe” acredita que a inovação deve ser sustentável e colaborativa. A startup CioFlash teve sua inscrição aprovada e agora participará das próximas etapas. Nos meses de abril e maio, as iniciativas serão analisadas por especialistas. Em maio, os finalistas serão divulgados. No mês de junho, as iniciativas vencedoras serão premiadas. Nos meses seguintes, de junho a dezembro, ocorrerá a mentoria e o processo de aceleração das iniciativas vencedoras. Na oportunidade, eles participarão de programas de orientação, de viagens de intercâmbio e de ampliação, com intuito de acelerar suas iniciativas em diversos países da América Latina e do Caribe.

Segundo Yasmine Oliveira, a equipe está confiante para participar do Prêmio. “Estamos otimistas e nos preparando para as próximas etapas. Esperamos mostrar ao mundo que o agronegócio, o carro chefe do país, pode sempre ser valorizado e deve ter a atenção de todos para sua evolução”, afirmou Yasmine Oliveira.

Além de Yasmine Oliveira dos Santos, a equipe é composta por mais cinco estudantes. São eles: Bruno Rabelo de Sousa, aluno do 9º período de Medicina Veterinária; Rafael Cunha Rocha, aluno do 5º período de Engenharia Elétrica; Sabrina Maria Nunes, aluna do 9º período de Medicina Veterinária; Vitória Regina Dias da Cunha, aluna do 1º período de Enfermagem; e Virgínia Camile Dias da Cunha, estudante do 3º ano do Ensino Médio.

Vale ressaltar que a startup CioFlash foi finalista do “11º Prêmio UNIPAM de Empreendedorismo”, promovido em novembro de 2019.


  • Galeria
Fonte: ASCOM UNIPAM

Patos Notícias


Patos Notícias