MPMG recomenda que prefeitura assuma administração do Hospital São Lucas

A recomendação foi feita diante da pandemia do COVID-19 e por conta das reclamações de usuários do sistema de saúde.

Clube Notícias
28/03/2020 - 15h12

MPMG recomenda que prefeitura assuma administração do Hospital São Lucas

Depois de tantas reclamações por parte de usuário da rede pública de saúde será que finalmente haverá solução para a situação do Hospital São Lucas em Patos de Minas? O mais novo episódio foi protagonizado essa semana pelo Ministério Público de Minas Gerais. 

O órgão através do promotor de justiça, Rodrigo Domingos Taufick, fez outra recomendação à prefeitura para que a mesma assuma a administração do hospital. De acordo com o documento, O Ministério Público do Estado de Minas Gerais por meio do 1º Promotor de Justiça de Patos de Minas recomenda que se requisite administrativamente os bens e serviços pertencentes ao Hospital São Lucas, ocupando-o temporariamente, em princípio pelo prazo de 6 meses, passando a executar as atividades ora a cargo do contratado, sobretudo quanto aos serviços de hemodiálise e CTI, ante a urgência da situação.

O documento também lembra que o objeto central desse instrumento jurídico já havia sido tema da recomendação expedida ao prefeito em maio de 2019, antes do agravamento infringido pela Covid-19.

O MP ainda recomenda que a requisição do hospital seja feita no prazo de 5 dias devido a urgência da situação. Os custos dos atendimentos médicos a recomendação é de que sejam feitos através da consorciação com outros munícipios da região. A prefeitura ainda não se pronunciou e vale ressaltar que é apenas uma recomendação, e agora ficará a cargo do prefeito José Eustáquio decidir se a administração municipal tem ou não condições de acatar mais essa recomendação.

Patos Notícias


Patos Notícias