Após fala de presidente, Defesa Civil afirma que decreto municipal continua valendo

Pessoas dos grupos de riscos devem permanecer em casa para mitigar a contaminação do coronavírus, afirma coordenador da Defesa Civil.

Caio Machado
25/03/2020 - 11h30

Após fala de presidente, Defesa Civil afirma que decreto municipal continua valendo

Em uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (25), no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICR), o coordenador da Defesa Civil de Patos de Minas, Tenente João Fernandes Caixeta, afirmou que o decreto municipal emitido em decorrência da pandemia gerada pelo novo coronavírus, continua válido.

Na noite desta última terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou as medidas dos governadores de restrição de movimentação de pessoas e aglomerações, em um pronunciamento oficial, em que ainda sugeriu que o isolamento fosse feito apenas por idosos e demais pessoas pertencentes aos grupos de risco.

Entretanto, o tenente João Fernandes pediu para que a população patense mantenha a calma e continue a seguir o Decreto Nº 4.795, emitido no último dia 23 de março. “O decreto foi emitido por profissionais de diversos segmentos e com ele estamos nos preparando para que o vírus não chegue à cidade”.

Fernandes ressalta ainda sobre o programa de voluntariado de profissionais e estudantes de saúde que está sendo elaborado para a criação de uma força tarefa em combate ao coronavírus. Interessados em colaborar podem se inscrever clicando neste link que foi divulgado pelo site da Prefeitura Municipal.

“Caso a situação agrave, os voluntários serão escalados de acordo com suas qualificações para colaborar nas UBS e UPA. Se os hospitais não suportarem o número de casos, a criação de um hospital campanha já está sendo cogitada para que todos sejam atendimentos em caso de surto”, explicou o coordenador.

Fonte e Fotos: Igor Nunes

Patos Notícias