PM prende suspeito de tráfico de drogas e apreende entorpecentes no Bairro Jardim Esperança

Outros três suspeitos estão foragidos.

20/02/2020 - 16h23

PM prende suspeito de tráfico de drogas e apreende entorpecentes no Bairro Jardim Esperança

Patos Notícias

A Polícia Militar prendeu um homem de 28 anos por suspeita de tráfico de drogas e apreendeu diversos entorpecentes em uma casa localizada no Bairro Jardim Esperança na noite desta última quarta-feira (19).

Segundo informações da Polícia Militar, durante um patrulhamento preventivo por volta das 22h50min, os militares visualizaram uma motocicleta parada em frente a uma casa na Rua Sapucaias.

O portão da residência estava entreaberto. Já era tarde da noite e a situação  levantou suspeição nos policiais, que estacionaram a viatura e deslocaram a pé até a residência para fazer contato com os moradores da casa e verificar o que estaria acontecendo.

Assim que os policiais militares chegaram em frente ao portão se depararam com o suspeito de 32 anos saindo do imóvel com uma sacola nas mãos.

O suspeito abriu o portão, viu os policiais chegando e saiu correndo de volta para o interior do imóvel, mesmo recebendo ordem para parar. Durante sua corrida, foi deixando tabletes de maconha caírem ao solo, que estavam dentro da sacola branca que ele carregava. O que restou na sacola ele arremessou por cima do muro para a casa ao lado.

Junto do suspeito haviam outros três homens que também começaram a correr. Um deles, o suspeito de 28 anos, foi contido, imobilizado e preso.

Tanto a casa quanto as dependências do lote estavam bastante escuras, sendo que o homem de 32 anos e os outros dois homens continuaram correndo para os fundos do lote e sumindo de vista nas sombras.

Os três suspeitos se misturaram na escuridão, sendo que dois deles foram para o lado esquerdo dos fundos da residência. Do lado direito, aos fundos da casa, o outro suseito partiu em direção ao muro.

Um dos indivíduos portava uma arma de fogo cromada em suas mãos, aparentando ser um revólver e, quando se deparou com o muro do lado direito bastante alto, voltou-se para a frente da casa deparando-se com um militar da equipe que o perseguia.

O suspeito que não foi identificado, levantou a arma de fogo em direção do militar, que em resposta, considerando que não havia abrigo nenhum, diminuiu sua silhueta, fez postura e efetuou um único disparo com a arma de fogo.

Após o disparo, o suspeito retraiu a mão que portava a arma de fogo e correu para o outro canto do muro, onde conseguiu pular. O disparo efetuado pelo militar foi o que desmotivou o suspeito ao disparar contra os policiais.

Infelizmente, devido às dinâmicas do terreno, luminosidade e risco na abordagem, os três suspeitos conseguiram pular o muro e ganhar as residências ao fundo. Não foi possível precisar se o disparo efetuado pelo militar atingiu o suspeito.

Enquanto o suspeito de 32 anos e os outros dois suspeitos evadiram pulando os quintais das demais residências, foi acionado reforço de outras equipes, que fizeram cerco ao quarteirão.

O suspeito de 28 anos foi imediatamente preso e colocado no compartimento da viatura, sendo apreendido um aparelho celular que estava no bolso dele.

No caminho percorrido pelo suspeito de 32 anos, foram encontrados três tabletes de maconha.

Foi feito contato na casa vizinha onde o suspeito arremessou sua sacola, sendo encontrada a sacola branca contendo mais 10 tabletes de maconha, uma balança de precisão, totalizando aproximadamente 320 gramas da droga, pesagem não oficial, e R$12,00 em dinheiro.

Na residência da abordagem inicial os policiais fizeram buscas e encontraram mais seis papelotes de cocaína, uma bucha de maconha, três rolos de plástico filme e uma faca que estava sendo utilizada para corte e preparo da maconha.

O senhor residente da casa onde foi constatado o tráfico, disse que é pai do suspeito de 28 anos e que não sabia o que o filho estava fazendo naquele momento e que só sabia que ele estava em companhia de outros três amigos em um cômodo da casa.

Pelo que foi constatado os quatro suspeitos estavam preparando a droga efetuar a comercialização. Inclusive, no momento da apreensão da balança de precisão, ela ainda estava ligada, sinal de que havia sido utilizada instantes antes.

Fonte e Fotos: ASCOM 10ª RPM

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias