Pai e irmão agridem namorado da irmã por parar o carro na frente da casa

Os dois foram presos e a vítima foi levada para o Hospital Regional Antônio Dias.

Igor Nunes
13/01/2020 - 11h31

Pai e irmão agridem namorado da irmã por parar o carro na frente da casa

Um simples fato de um namorado parar o carro na porta da casa da namorada gerou uma briga em família na Rua Leal, no Bairro Vila Garcia. O fato aconteceu na noite desde domingo (12/01). O pai da garota armou-se de uma foice e passou a agredir a esposa, as duas filhas e o namorado de uma das filhas. O irmão das garotas pegou uma faca e deu uma facada no namorado da irmã.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o jovem de 28 anos parou o próprio carro na porta da casa da namorada, de 20 anos, para que os dois saíssem. A jovem estava saindo da casa quando foi abordada pelo pai, de 60 anos, que começou a brigar com ela. Durante a discussão, o pai pegou uma foice e passou a agredir a filha com o cabo da ferramenta.

O namorado, de 28 anos, desceu do carro e, junto com a mãe da vítima, de 47 anos, e a irmã, de 22 anos, foram tentar defender a jovem das agressões. Durante uma luta, a irmã de 22 anos, sofreu um corte em dois dedos da mão. O pai ainda atingiu um golpe de foice na cabeça do rapaz de 28 anos, provocando um corte com sangramento.

Durante a luta entre o pai da garota e o namorado, o irmão da namorada, de 21 anos, apareceu e, por ordem do pai, pegou uma faca e deu uma facada nas costas do namorado da irmã, provocando um corte profundo. Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito de 21 anos possui problemas mentais. Durante toda a ação, a mãe da garota sofreu escoriações pelo corpo por ter tentado conter as agressões.

A Polícia Militar chegou ao local e encontrou o homem com a foice na mão. Os ânimos estavam bastante exaltados e o pai ainda tentava agredir a filha e os demais envolvidos. Os policiais então determinaram que o homem largasse a ferramenta, que foi prontamente atendido.

O namorado da jovem foi socorrido pelo SAMU e levado para o Hospital Regional Antônio Dias, onde permanece internado. O pai e o filho foram presos e levados para a Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas.

Foto: Toninho Cury

Patos Notícias