Homem recebe notas falsas em casa e é preso pela Polícia Militar

Os policiais encontraram mais de mil reais em dinheiro falso, além de diplomas supostamente falsos.

Igor Nunes
12/12/2019 - 17h43

Homem recebe notas falsas em casa e é preso pela Polícia Militar

A Polícia Militar prendeu na tarde desta quinta-feira (12/12) um rapaz de 26 anos com mais de mil reais em dinheiro falso e diversos diplomas, que supostamente são falsos. O suspeito foi encaminhado para a delegacia de Polícia Federal em Uberlândia.

Segundo informações do tenente Clênio da Polícia Militar, alguns jovens foram até a base comunitária da Polícia Militar e disseram ser moradores de uma república no Centro de Patos de Minas. Eles informaram que chegou um envelope dos correios endereçado para uma mulher com nome de Amanda. Os moradores informaram ao funcionário dos Correios que no local não morava ninguém com este nome e que só existia homens, porém o entregador disse que o endereço estava certo.

Após receber a mercadoria, ao verificar o que se tratava, os moradores verificaram que havia diversas moedas falsas dentro do envelope. Um rapaz estava dentro do banheiro e percebeu que algo errado acontecia, então ele saiu e falou que aquilo pertencia a ele. Ao ser questionado do dinheiro ser falso, o suspeito começou a desconversar e os moradores resolveram informar a Polícia Militar.

Após os moradores irem até a base, uma equipe da Polícia Militar foi até o local e encontraram o suspeito. Ele negou qualquer envolvimento com estas moedas falsas, porém os policiais realizaram buscas no veículo dele, onde mais moedas foram encontradas e também diplomas que supostamente são falsos.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, suspeito esteve num comércio no Centro de Patos de Minas há três dias onde passou uma nota falsa de 20 reais. No dia seguinte, ele retornou ao comercio, porém o responsável percebeu se tratar de uma nota falsa e acionou a Polícia Militar, momento que suspeito engoliu a nota.

Os policiais encontraram diversos diplomas no carro do suspeito, além de um currículo com diversos cursos. Os policiais agora vão verificar junto as instituições se estes documentos são verdadeiros.

Suspeito foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas para registro e depois foi encaminhado para a delegacia de Polícia Federal. Ele deve responder por estelionato e uso de moeda falsificada.


  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria

Patos Notícias


Patos Notícias