Suspeito de tráfico parte para cima de policiais com faca e é baleado no ombro no Bairro Santa Terezinha

O baleado foi socorrido por outra viatura da Polícia Militar e foi levado para Hospital Regional Antônio Dias.

Caio Machado
27/11/2019 - 11h36

Suspeito de tráfico parte para cima de policiais com faca e é baleado no ombro no Bairro Santa Terezinha Imagem Ilustrativa: Arquivo

Na madrugada desta quarta-feira (27), um homem de 28 anos foi baleado no ombro esquerdo, após partir para cima de policiais com uma faca, na casa em que reside no Bairro Santa Terezinha. O militar que agiu em legítima defesa recebeu voz de prisão.

Segundo o boletim de ocorrência, uma pessoa havia tido o celular furtado por volta das 21h nas proximidades de um hipermercado localizado no Bairro Lagoa Grande. A vítima acionou uma viatura que estava na esquina entre a Rua Barão do Rio Branco e Avenida Piauí.

Após intensos rastreamentos da Polícia Militar (PM), o suspeito foi abordado junto de um amigo, porém o celular furtado não foi encontrado. Em conversa com os militares, o suspeito confessou o furto e afirmou ter trocado o aparelho por crack.

O celular foi trocado com um indivíduo de alcunha “Britinho”, conhecido no meio policial pela prática de tráfico de drogas. Os policiais foram até a casa do suspeito Guilherme da Silva Brito, 28, situada no Bairro Santa Terezinha, para abordá-lo.

Ao chegarem no imóvel, situado na Rua Amapá, os militares foram recebidos pelo irmão do suspeito que abriu o portão, possibilitando ver que “Britinho”, estava munido de uma faca. Os policiais apontaram as armas de fogo em direção ao suspeito, pedindo que ele largasse a faca.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, “Britinho” desrespeitou a ordem e partiu para cima dos policiais, sendo contido por um tiro efetuado em legítima defesa. A bala atingiu a espátula esquerda do suspeito, que após o disparo, arremessou a faca no telhado de uma casa vizinha.

Os policiais acionaram reforço e após a chegada de outra viatura, “Britinho” foi levado pela PM ao pronto socorro do Hospital Regional Antônio Dias, onde recebeu atendimento médico e permaneceu sob observação.

Após buscas, a faca de cabo plástico de cor branca e lâmina de cerca de 25 centímetros foi encontrada no telhado do vizinho. No interior da casa do suspeito também foram encontradas pedras de crack, dinheiro e o celular que havia sido furtado.

O policial que efetuou o disparo recebeu voz de prisão e foi levado para a delegacia de Polícia Civil, juntamente da arma de fogo em que efetuou o disparo contra “Britinho”. Um perito da Polícia Civil compareceu ao local para realizar os trabalhos de praxe.

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias