Acusado de atirar na filha da ex-amásia em padaria se apresenta na delegacia de Polícia Civil

A apresentação foi na ultima quarta-feira (20).

26/11/2019 - 11h47

Acusado de atirar na filha da ex-amásia em padaria se apresenta na delegacia de Polícia Civil Imagem Ilustrativa: Arquivo

Acompanhado de um advogado, Ericson Santos Gonçalves, de 34 anos, acusado de tentar matar a fillha da ex-amásia se apresentou na delegacia de homicídio da Polícia Civil. A apresentação foi na ultima quarta-feira (20).

Após ser ouvido, Ericson Santos Gonçalves foi liberado e responderá o inquérito em liberdade. O crime foi no dia 14 de novembro, na ocasião, Ericson foi até a padaria que fica na Rua Pernambuco, Bairro Cristo Redentor e após discutir com a ex-amásia, ele sacou de um revólver a atirou na filha da ex.

Sobre a motivação, o delegado da divisão de homicídio, Dr. Érico Rodovallho disse que em depoimento, Ericson alegou ser por um desacordo comercial referente a um comércio que eles tinham. Depois da separação, ouve o desentendimento o que motivou a consumação do crime de tentativa de homicídio.

 

O crime

Um homem, identificado como Erickson Santos Gonçalves, invadiu uma padaria, que fica na Rua Pernambuco, no Bairro Cristo Redentor e atirou contra a filha da dona do estabelecimento.

De acordo com a Polícia, Erickson chegou pelos fundos da padaria e começou a discutir com a ex-companheira. Depois ele saiu e foi para a entrada do estabelecimento. Nervoso, Erickson sacou uma arma de fogo e atirou contra a filha da ex, que estava no balcão.

Laís Cristina Andrade, de 27 anos, foi atingindo por pelos menos cinco disparos que acertaram a perna e o braço. Uma unidade do Samu esteve no local e socorreu a vítima para o Hospital Regional.

Fonte: Toninho Cury

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias