Obra de loja desaba e mata servente de pedreiro em Carmo do Paranaíba

O pedreiro disse que havia acabado de sair da loja quando a estrutura desabou.

Vanderlei Gontijo
25/11/2019 - 18h28

Obra de loja desaba e mata servente de pedreiro em Carmo do Paranaíba

Um servente de pedreiro morreu soterrado na manhã desta segunda-feira (25/11), quando trabalhava na reforma de uma loja de eletrodomésticos na cidade de Carmo do Paranaíba. O fato aconteceu por volta das 09h20 da manhã, na Avenida Aristides de Melo, Centro. Parte da obra desabou e a vítima Weverton Moreira da Silva ficou debaixo dos escombros.

De acordo com as primeiras informações, no momento estavam no local um pedreiro e o ajudante. O pedreiro conseguiu escapar sem sofrer ferimentos. Os funcionários da loja  estavam na outra parte do imóvel, que não passa por reformas.

Logo após o fato, centenas de pessoas que trabalhavam no centro de Carmo do Paranaíba pararam para ver o que havia acontecido. A Polícia Militar realizou um cordão de isolamento e acionou o Corpo de Bombeiros e a perícia técnica da Polícia Civil em Patos de Minas. O pedreiro que realizava os serviços disse que o engenheiro responsável pela obra não pediu a colocação de escoras para realizar a reforma. Com isso, eles iniciaram as ações no local no último sábado (23). Já nesta segunda (25) eles chegaram ao local e davam sequência aos trabalhos normalmente até acontecer a queda.

O pedreiro Wesley contou que escapou com vida por milagre. Ele disse que chegou com Weverton e iniciaram as atividades, sendo que em determinado momento ele disse para o jovem continuar executando os trabalhos e que iria sair para entregar uma ferramenta que havia tomado emprestada. Com isso, assim que ele saiu, poucos segundos depois tudo desabou em cima do servente.

Wesley ressaltou que a responsabilidade dele era apenas executar os serviços de pedreiro. Ele falou também que, juntamente com outras 10 pessoas, conseguiram retirar madeiras e parte dos escombros até chegar à vítima, mas ela já se encontrava sem os sinais vitais. Emocionado o pedreiro disse que o servente havia pedido trabalho para conseguir recursos para pagar contas de água e luz.

O corpo de Weverton Moreira foi retirado dos escombros e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Patos de Minas. A Polícia Militar registrou a ocorrência que será repassada à Polícia Civil, que deverá investigar as verdadeiras causas do desmoronamento.

Fotos e informações: Júlio César - To Na Mídia

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias