Acusado de esfaquear e matar mulher é condenado a 16 anos de prisão

O homicídio ocorreu o dia 25 de setembro de 2018.

30/10/2019 - 09h34

Acusado de esfaquear e matar mulher é condenado a 16 anos de prisão

Darley Ramos Cardoso acusado de matar a facadas, Amanda Silva Abreu foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado, em julgamento no Fórum Olympio Borges, na tarde desta terça-feira (29). O crime aconteceu no dia 25 de setembro de 2018, em uma casa na Rua do Acre, Bairro Santa Terezinha.

De acordo com os autos do Ministério Público, dias antes do crime, Darley teria dado falta de uma bicicleta e a quantia de R$30,00. Desconfiado que a vítima Amanda teria furtado tais materiais, Darley chamou um amigo e foi até a casa onde a vítima costuma dormir, em um imóvel abandonado.

Durante a madrugada, Darley e o amigo foram a casa, porém, não a encontraram. Eles então se esconderam nos fundos e aguardaram a vítima chegar. Já quase amanhecendo o dia, a vítima chegou e foi surpreendida e agredida brutalmente com vários golpes de facas. Os golpes foram tão violentos que uma das facas utilizada na ação quebrou a lamina.

Depois de alguma horas de julgamento, Darley Ramos Cardoso foi condenado a 14 anos e 6 meses por homicídio torpe e que dificultou a defesa da vítima e 1 anos e 6 meses por corrupção de menores, totalizando 16 anos em regime fechado.


  • Galeria
Fonte e Fotos: Toninho Cury

Patos Notícias


Patos Notícias