Projeto de duplicação da BR-365 pode entrar no orçamento de 2020 do DNIT

O anuncio foi feito pelo general Santos Filho junto a deputada federal Greyce Elias.

Caio Machado
22/10/2019 - 14h30

Projeto de duplicação da BR-365 pode entrar no orçamento de 2020 do DNIT

A reportagem produzida pelo repórter Igor Nunes e pelo cinegrafista Bruno Pires, do PATOS NOTÍCIAS para o jornalismo da Band Triângulo, em que patrocinenses pedem providências para melhorias da BR-365, chamou a atenção para que as obras de duplicação e construção da passarela de travessia possam entrar no orçamento de 2020.

Exibido na última sexta-feira (18), o conteúdo jornalístico mostrava as dificuldades dos moradores do Bairro Congonhas, em Patrocínio, de atravessar a rodovia, devido a retirada recente de radares de fiscalização do local.

Quando vereadora em Patrocínio, a deputada federal Greyce Elias ajudou na mobilização que resultou na instalação dos radares. Ela esteve com o general Antônio Leite dos Santos Filho, diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Brasília, para discutir o assunto.

De acordo com o órgão, o radar foi removido do local devido ao término do contrato da concessionária e uma nova licitação já foi realizada, para que em até um ano, outros radares sejam instalados no local. Em nota, a parlamentar relatou o que foi discutido no DNIT.

No texto endereçado aos espectadores do jornal Minas Urgente, Greyce Elias informa estar “indicando uma emenda impositiva de 1 milhão de reais na Rubrica de Conservação e Recuperação de Infraestrutura da União, para construção de uma passarela neste trecho”.

Segundo a parlamentar, o general Santos Filho teria lhe garantido que a contratação do projeto poderia ser autorizada ainda em 2019, e no momento em que for paga, será feita uma licitação para que a obra tenha início.

Outra cobrança foi a duplicação da BR-365, entre Patos de Minas e Uberlândia. Para Greyce, a execução desta obra de 207 quilômetros da BR-365 beneficiará não só Patrocínio, mas o Estado de Minas Gerais como um todo. A construção da passarela eliminará um dos pontos críticos e garantirá mais segurança para aqueles que desejam fazer a travessia do local.

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias