Produtores de Queijo do Cerrado conquistam dois lugares no pódio do Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal

O concurso elegeu os cinco melhores queijos de Minas Gerais, dois deles são da região do Cerrado.

08/10/2019 - 09h52

Produtores de Queijo do Cerrado conquistam dois lugares no pódio do Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal

No último sábado (05), produtores de Queijo do Cerrado participaram da 12ª edição do Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal, realizado durante o Festival Minas à Queijo e Viola, em Uberlândia. O evento elegeu os cinco melhores queijos do estado, e a região do Cerrado conquistou o segundo e o quinto lugar do pódio.

O troféu de quinto lugar foi para o Queijo da Neide, produzido por Cleno Boaventura Júnior, de Carmo do Paranaíba. A vice-liderança da disputa foi para o Queijo Vô Joaquim, produzido por Elias Cortes, de Cruzeiro da Fortaleza. De acordo com ele é uma honra elevar o nome da região do Cerrado a nível estadual. “É muito gratificante mostrar nosso trabalho, os queijos que fabricamos todos os dias em nossa propriedade, ainda mais com um resultado tão expressivo”, afirmou o vice-campeão, Elias Cortes.

O evento é uma iniciativa da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA), através da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, (EMATER-MG), em parceria com a o Instituto Mineiro Agropecuária (IMA), a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), a prefeitura e o Sindicato Rural de Uberlândia.

Segundo a Coordenadora Regional da EMATER-MG, Leni Alves, durante o concurso os produtores de Queijo do Cerrado disputaram com produtores das regiões de Araxá, Campo das Vertentes, Canastra, Serra do Salitre, Serro, Triângulo Mineiro e com alguns produtores regularizados, que não fazem parte das regiões caracterizadas como produtoras do Queijo Minas Artesanal. Ao todo 39 queijos foram avaliados por profissionais ligados à produção queijeira, que julgaram a cor, a textura, a consistência, o paladar e o olfato dos produtos.

Para a Analista Técnica do SEBRAE Minas, Adenilce Moreira, esse resultado é reflexo do trabalho desenvolvido por entidades como a EMATER, o SEBRAE e o UNIPAM, junto a Associação dos Produtores do Queijo do Cerrado. “A conquista de ter o nosso queijo entre os cinco melhores de Minas Gerais revela o potencial da nossa região e nos incentiva a continuar trabalhando pelo sucesso de nossos produtores”, finaliza.


  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
Fonte e Fotos: Laryssa Caixeta / Ascom Associação dos Produtores de Queijo Minas Artesanal do Cerrado