Acusado de matar rapaz com tiro pelas costas é condenado a 12 anos de prisão

Jefferson Souza Reis Pacheco poderá recorrer em liberdade.

03/10/2019 - 10h26

Acusado de matar rapaz com tiro pelas costas é condenado a 12 anos de prisão

Jefferson Souza Reis Pacheco, mais conhecido como “Jerfinho”, acusado de matar Sidnei dos Santos, com disparos de arma de fogo, foi condenado a 12 anos de prisão, por homicídio qualificado torpe, em julgamento que ocorreu na tarde desta quarta-feira (02), no salão de júri do Fórum Olympio Borges. Apesar da condenação, Jefferson poderá recorrer em liberdade.

O crime aconteceu no dia 13 de maio de 2012, na Chácara Pôr do Sol. De acordo com os autos do Ministério Público o acusado e a vítima estavam participando de um evento festivo. Em certo momento, Jefferson se desentendeu com uma mulher, inclusive desferiu um golpe na mão dela.

Ao presenciar a agressão, Sidnei interferiu e pediu para Jeffeson parar com a agressão. Não satisfeito, Jefferson se afastou e logo em seguida, retornou armado e atirou contra a vítima pelas costas.

Já o advogado de defesa, Dr. Gustavo Virgilio, alegou legitima defesa, porém a tese não foi acatada pelo tribunal de júri, sendo o réu condenado a 12 anos de prisão em regime fechado, por homicídio qualificado torpe. Gustavo Virgilio disse ainda que recorrerá da decisão.


  • Galeria
Fonte e Fotos: Toninho Cury