Desavença entre vizinhos termina em morte no Bairro Nossa Senhora Aparecida

Rone Rocha foi morto a facadas. Suspeito fugiu após o crime.

Igor Nunes
02/10/2019 - 07h23

Desavença entre vizinhos termina em morte no Bairro Nossa Senhora Aparecida

Uma briga de vizinhos terminou em tragédia na noite desta terça-feira (01/10), no Bairro Nossa Senhora Aparecida. Rone Rocha, de 24 aos, foi esfaqueado, por conta de uma confusão envolvendo uma construção, por Diego Pereira do Amaral. O autor está foragido e, segundo o boletim de ocorrências, ele pode ter tido ajuda do padrasto.  

A vítima estava em companhia da esposa, e foram conversar com o autor sobre uma casa, que ele estava construindo na divisa com a deles. Depois de não entrarem em acordo, Diego ficou bastante nervoso, pegou uma faca e começou a golpear a vítima. Ainda segundo o boletim de ocorrência, o padrasto de Diego o ajudou, segurando a vítima para ser golpeada. Depois da agressão, Diego e o padrasto fugiram.

Uma unidade do SAMU esteve no local e socorreu a vítima para o Hospital Regional Antonio Dias, onde deu entrada direta para a sala de cirurgia, porém não resistiu aos ferimentos e morreu. Já em contato com a irmã de Diego, a mesma disse para os militares que presenciou todos os fatos.  

Ela falou que estava no bar juntamente com Diego e outros clientes e que, em certo momento, Rone chegou acompanhado da esposa e começou a gritar com Diego que era para ele demolir a parede que ele construiu. Diego respondeu que iria providenciar a retirada, porém ressaltou que construiu a casa com autorização da proprietária do lote. 

Neste instante, Rone saiu do bar e depois de alguns minutos voltou gritando com Diego. Durante o desentendimento, os dois entraram em luta corporal, momento que Diego pegou uma faca e golpeou Rone.

Ainda segundo o irmã de Diego, o padrasto tentava separar a briga e que em momento nenhum não segurou Rone. A irmã disse ainda que não sabe o paradeiro de Diego e do padrasto, porém disse que eles irão se apresentar na delegacia, juntamente com um advogado, após passar o período de fragrante.