Acusado de matar namorada a facadas, em Patos de Minas, é encontrado morto em presídio

Gedean Makiel Martins estava encarcerado no presídio no município de Araguari.

07/08/2019 - 14h56

Acusado de matar namorada a facadas, em Patos de Minas, é encontrado morto em presídio Foto: Arquivo

O acusado de matar a namorada, Maira Guimarães Amorim, a facadas, em Patos de Minas, no dia 22 de dezembro de 2014, foi encontrado morto, na noite desta terça-feira (06), em uma cela no presídio no município de Araguari onde cumpria pena de 14 anos referente ao crime.

De acordo com a ocorrência registrada, durante inspeção de rotina na cela 8 do pavilhão “A”, agentes penitenciários encontraram o detento Gedean Makiel Martins pendurado com um lençol do pescoço na grade do banheiro. Em principio, trata-se de um suicídio, mas a Polícia Civil irá investigar o caso. Os colegas de cela foram indagados, porém nenhum deles quis se pronunciar.

 

Relembre o crime

O crime aconteceu no dia 22 de dezembro de 2014, na Avenida Afonso Queiroz, Bairro Jardim Panorâmico. A motivação segundo o inquérito foi por ciúmes. O acusado saiu do presídio da cidade de Carmo do Paranaíba, após receber o benefício de saidão.

Depois que chegou a Patos de Minas, ficou sabendo que a namorada poderia estar relacionada com outra pessoa. Insatisfeito com os comentários, o acusado procurou a namorada e ambos saíram de carro.

No trajeto, os ânimos se exaltaram e, com uma faca que carregava na cintura, Gedean desferiu golpes, atingindo várias parte do corpo da namorada. Ferida, Maira conseguiu frear e descer do carro pedindo socorro. Mesmo assim, Gedean continuou espancar a namorada até ela morrer.

 

Leia mais:

- Mulher de 30 anos é espancada pelo ex-amásio até a morte na Avenida Afonso Queiroz

Fonte: Toninho Cury