Condutores embriagados provocam acidente na esquina da Rua Major Gote com Avenida Piauí

Além dos indícios de embriagues, o condutor da caminhonete tem 17 anos e é inabilitado.

Igor Nunes
13/07/2019 - 11h47

Condutores embriagados provocam acidente na esquina da Rua Major Gote com Avenida Piauí

A Polícia Militar registrou um boletim de ocorrência na madrugada deste sábado (13/07) de um acidente de trânsito na Rua Major Gote, esquina com a Avenida Piauí, no Bairro Lagoa Grande. A batida envolveu quatro veículo, sendo que dois estavam estacionados. Os condutores dos veículos que provocaram a batida estavam embriagados, diz o boletim de ocorrência.

Segundo informações da Polícia Militar, o veículo VW/Gol de cor prata seguia pela Avenida Piauí quando convergiu a esquerda para entrar na Rua Major Gote. Após a manobra, o veículo foi atingido em cheio na traseira pela caminhonete TOYOTA/Hilux de cor preta. Com o impacto, os dois veículos rodaram na pista. A caminhonete ainda atingiu o carro HYUNDAI/HB20 preto e uma picape FIAT/Strada de cor prata, que estavam estacionados. Um poste de iluminação também foi atingido e teve a estrutura comprometida.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a princípio os condutores não quiseram se apresentar aos policiais, mas permaneceram no local para acompanhar o registro. Eles ainda teriam modificado a cena do acidente para tentar ludibriar os militares, diz a polícia. Após serem reconhecidos, os policiais descobriram que o condutor da caminhonete era um adolescente de 17 anos que havia recebido a direção do próprio primo, de 24 anos. Os policiais ainda teriam constatado que ambos estavam com sintomas de embriaguez. O adolescente informou aos policiais quem seria o condutor do carro prata, que negou estar dirigindo o veículo.  

Os policiais realizaram o teste de etilômetro no adolescente de 17 anos que constatou 0,43 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Já o condutor do carro, de 37 anos, se recusou a realizar o teste, porém foi também foi conduzido para a delegacia por apresentar sintomas de embriaguez. O primo do condutor, de 24 anos, foi detido por entregar a direção a pessoa inabilitada e menor de idade. O jovem de 24 anos disse ainda que é taxista, mas que estava com a CNH – Carteira Nacional de Habilitação vencida.

O boletim de ocorrência ressalta que no momento do acidente, o semáforo estava intermitente. Os dois veículos que provocaram o acidente foram removidos para o depósito credenciado ao DETRAN/MG. Já os outros dois carros foram liberados para os proprietários.


  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias