Escola Municipal Major Porto realiza Projeto Bullying com alunos e funcionários

Vídeos, palestras e atividades diferenciadas em sala de aula são algumas das ferramentas utilizadas para conscientizar a comunidade escolar a respeito do combate ao bullying.

04/07/2019 - 15h17

Escola Municipal Major Porto realiza Projeto Bullying com alunos e funcionários

A Escola Municipal Major Augusto Porto, situada no distrito de Areado, vem desenvolvendo, durante o ano de 2019, o Projeto Bullying, por meio da promoção de atividades diferenciadas de sala de aula, vídeos, palestras e diversas outras ações. Em parceria com a Polícia Militar, o objetivo do projeto é conscientizar alunos, funcionários e famílias sobre os direitos e deveres do cidadão bem como sobre respeito e coleguismo.

Atualmente a sociedade sofre diversas transformações socioculturais que afetam as relações humanas como um todo. Os direitos humanos é um dos temas em debate, pois novas demandas se fazem presentes para o cumprimento de leis que garantam os direitos de grupos excluídos da sociedade. Na prática, há que se trabalhar muito para a compreensão das mudanças de comportamentos e atitudes, fazendo valer virtudes de respeito, paciência, tolerância, responsabilidade, coleguismo e humildade, conscientizando os alunos, os funcionários e as famílias em relação aos direitos e deveres de todo cidadão.

Com a execução do Projeto Bullying, é possível encaminhar o trabalho com os alunos dentro de princípios de consciência moral e cidadania, para atuarem na sociedade como atores e não como meros espectadores, partindo da ideia de que todos são responsáveis pelas mudanças na escola e fora dela. O projeto destaca, entre os participantes, que o bullying é uma questão social que abala a sociedade e que não é aceitável situações nas quais jovens se reúnem em lugares pré-determinados para agredir ou maltratar por meio de ameaças e coagem como forma de prazer.

De acordo com os policiais militares e organizadores do projeto, o aprendizado na escola não pode se restringir unicamente ao cumprimento de horários, tarefas e exercícios, deve ir muito além do simples formalismo presente no repasse de conteúdos e trabalhos. O ensino-aprendizagem, para ser plenamente alcançado, necessita, muitas vezes, ultrapassar as barreiras do currículo escolar, inserindo com maior frequência os temas transversais, promovendo dimensões, multi e transdisciplinares - com temas norteadores que possibilitem a conexão -, integrando diferentes disciplinas ao mesmo eixo temático e possibilitando aos alunos a compreensão plena dos componentes curriculares.


  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
Fonte e fotos: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Patos de Minas