Técnico Rodrigo Santana visita Patos de Minas e recebe atenção de fãs e torcedores

O atual técnico interino do Atlético Mineiro atuou no URT entre os anos de 2017 e 2018.

Caio Machado
18/06/2019 - 16h13

Técnico Rodrigo Santana visita Patos de Minas e recebe atenção de fãs e torcedores

Rodrigo Santana, o técnico interino do Atlético Mineiro, aproveitou uma folga para visitar amigos e matar a saudade de Patos de Minas, cidade chave que alavancou a carreira após atuar como treinador do URT nos anos de 2017 e 2018.

O treinador santista de 38 anos, que começou a carreira futebolística como jogador, esteve à frente da equipe patense em um período de ascensão, que consolidou o URT como um dos clubes mais relevantes de Minas Gerais.

Na estadia pela cidade, Rodrigo releva que sempre que pintar uma oportunidade, voltará para visitar os amigos patenses. Pelas ruas de Patos de Minas, o treinador é reconhecido e recebe gestos de torcedores e amantes de futebol.

“Não só atleticanos, quanto cruzeirenses e torcedores do URT e Mamoré demonstraram carinho por mim e estão na torcida para que eu desempenhe um bom trabalho”, comentou sobre a atenção recebida pelos patenses.

À respeito do carinho recebido, Rodrigo Santana afirma que é recíproco. “Tenho uma consideração muito grande por Patos de Minas. Fomos muito bem acolhidos no período em que atuei no URT, e inclusive, meu filho nasceu aqui”.

Em relação ao trabalho realizado no Galo, o treinador afirma estar à vontade e almeja conquista uma uma taça. “Classificamos na Copa do Brasil, na Copa Sul-americana e estamos entre os cinco primeiros do Campeonato Brasileiro. Faremos de tudo para alegrar os atleticanos”, promete.

Sobre o cargo de técnico interino, Rodrigo demonstra confiança e tranquilidade com a atuação. “Dar autonomia para uma treinador sem nome, que veio do interior, é sinal de que a diretoria confia no meu trabalho. Em relação a efetivar ou não o título de técnico, eu deixo à cargo deles”, finaliza.

Fotos: Bruno Pires
Reportagem: Igor Nunes