Suspeito de homicídio em festa junina é preso pela Polícia Militar

O crime aconteceu na cidade de Presidente Olegário.

Igor Nunes
16/06/2019 - 17h28

Suspeito de homicídio em festa junina é preso pela Polícia Militar

A Polícia Militar agiu rápido e em poucas horas prendeu o suspeito de um homicídio registrado na noite deste sábado (15/06), durante uma festa junina realizada no bairro Américo Caetano, em Presidente Olegário. Gaspar Junior Ribeiro, vulgo “Juninho Caveira”, 36 anos, teria matado a tiros o jovem Marcelo Augusto Pereira Silva, 21 anos. O crime aconteceu por volta 22h, sendo que uma criança de 11 anos também foi atingida por um disparo na perna.

Segundo informações, após o crime e de posse das características do suspeito, a Polícia Militar de Presidente Olegário com apoio de militares de Patos de Minas, deu início aos rastreamentos, sendo o suspeito localizado e preso na rodovia BR-354 que liga as cidades de Patos de Minas e Lagoa Formosa. Outra pessoa de nome Regis Rainhonny Cruzeiro de Carvalho, 30 anos também foi presa junto com Juninho Caveira.  A suspeita que Regis estava ajuntando dar fuga a Juninho

Diante dos fatos, os dois indivíduos foram presos em flagrante delito e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas e entregue ao delegado de plantão, que deverá esclarecer a motivação do crime e qual a participação da segunda pessoa presa.

O crime:

Um jovem, de 21 anos, foi morto a tiros na noite deste sábado (15/06) em Presidente Olegário. A Polícia Militar (PM) informou que a vítima estava em uma festa junina, no bairro Américo Caetano, quando foi atingida por diversos disparos de arma de fogo. Uma criança de 11 anos também foi atingida por um disparo na perna. O fato foi registrado por volta das 22h.

A vítima identificada como Marcelo Augusto Pereira Silva, 21 anos, foi socorrida por uma guarnição da Polícia Militar para o Hospital Municipal Darci José Fernandes, mas acabou não resistindo aos ferimentos e faleceu. Uma criança de 11 anos também acabou sendo atingida por um disparo na perna e permaneceu internada.

Segundo informações da Polícia Militar, Marcelo foi atingido por três disparos, sendo dois na altura do ombro e um disparo no tórax que pode ter perfurado o pulmão. O corpo foi encaminhado para o IML de Patos de Minas para constatar a causa da morte.

A Polícia Militar registrou a ocorrência. O autor do homicídio foi identificado. A Polícia Militar iniciou os rastreamentos e um suspeito foi preso na rodovia que liga Patos de Minas à Lagoa Formosa e, encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e entregue ao Delegado de Plantão que irá esclarecer a motivação do crime.


  • Galeria
Fotos e informações: Toninho Cury