Homem é detido após não pagar casa noturna e deixar motorista de Uber esperando por sete horas

O incidente ocorreu na madrugada desta última sexta-feira (1º).

Caio Machado
03/06/2019 - 15h55

Homem é detido após não pagar casa noturna e deixar motorista de Uber esperando por sete horas

Na madrugada desta sexta-feira (1º), um homem de 52 anos foi detido após não pagar dívidas feitas com um motorista de Uber e com bebidas e serviços de uma casa noturna do Bairro São Francisco.

Segundo o boletim de ocorrência, o proprietário da casa noturna afirmou que o suspeito de 52 anos chegou ao local de Uber e começou a consumir diversas bebidas.

Após várias garrafas de bebidas e coquetéis, dos quais convidou as garotas para beber, alegando ter muito dinheiro, o homem contratou alguns serviços sexuais.

Ao acertar a dívida de cerca de R$6.500,00, o cliente pagou R$480 em dinheiro e tentou quitar o restante do montante por meio de transferência online pelo celular.

Ele relatou que não possuía saldo suficiente e que pagaria o restante da dívida na segunda-feira (03), quando o salário caísse na conta bancária.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e além da dívida feita na casa noturna, o homem ainda ficou devendo o motorista do Uber, que permaneceu esperando no local das 3h até as 10h da manhã.

A dívida com o motorista do aplicativo somou cerca de R$1.000,00. A viagem teve início quando o suspeito saiu de um bar na Rua José de Santana.

O suspeito foi detido e comprometeu-se a arcar as despesas realizadas com o proprietário da casa noturna e o motorista do Uber na segunda-feira.

Imagem: Ilustração