EXCLUSIVO: Delegada fala sobre mulher de 32 anos presa por estupro de cinco crianças

Pelo menos cinco crianças teriam sido estupradas e forçadas a praticar magia negra por mulher de 32 anos

Caio Machado
18/04/2019 - 14h52

EXCLUSIVO: Delegada fala sobre mulher de 32 anos presa por estupro de cinco crianças

Nesta última quarta-feira (17), uma mulher de 32 anos foi presa pela Polícia Civil de Patrocínio por suspeita de estuprar pelo menos cinco crianças e obrigá-las a participarem de rituais de magia negra. A suspeita Liliane Marcelina dos Reis Souza Silva teria sido flagrada fazendo sexo oral em um cavalo.

Segundo informações da delegada de Polícia Civil Ana Claudia Pádua Passos, a denúncia partiu da cidade de Cruzeiro da Fortaleza, mas os fatos ocorreram em Guimarânia e Santa Juliana. Na última quarta-feira o judiciário decretou prisão preventiva e a suspeita foi presa em Santa Juliana pelos investigadores Matias e Íris.

“As investigações tiveram início em Guimarânia e por meio de conversas de WhatsApp lidas em um smartphone apreendido, foi possível identificar a investigada e o local onde ela residia, bem com cinco vítimas, com idades que variam de 1 ano e 10 meses a 15 anos”, explicou Ana Claudia.

O caso é atípico e no relato das vítimas, além de indicarem violência sexual, também evidenciam que a suspeita tenha praticado rituais de magia negra, forçando as crianças e adolescentes a beberem sangue de animais e a comerem carne crua.

Liliane Marcelina dos Reis Souza inicialmente responderá pelos crimes de maus tratos e estupro de vulnerável. Uma investigação paralela no município de Santa Juliana leva a crer que a suspeita também tenha praticado divulgação de pornografia infantil. Ela foi encaminhada para o Presídio de Perdizes.

Fotos e informações: Igor Nunes