Polícia Civil descobre novo envolvido na morte de bebê no Distrito de Alagoas

Um suspeito confessou ao delegado que levou a jovem até o local onde o cadáver da criança foi enterrado.

Igor Nunes
16/04/2019 - 16h31

Polícia Civil descobre novo envolvido na morte de bebê no Distrito de Alagoas

A Polícia Civil ainda investiga o caso do bebê que foi morto pela mãe após o parto no distrito de Alagoas, no município de Patos de Minas. O caso, que chocou toda a região, aconteceu no início do mês de abril, quando uma garota de 15 anos deu entrada no Hospital Regional Antônio Dias com intensa hemorragia. Os médicos descobriram que a garota tinha feito um aborto ou parto e acionaram o Conselho Tutelar e a Polícia Militar.

Segundo informações do delegado de Polícia Civil, Érico Rodovalho, ainda é cedo para tratar o caso como um aborto, um infanticídio ou homicídio. Ele explica que ainda aguarda exames para saber se o parto foi espontâneo ou provocado, o que poderia indicar um aborto. Agora, as circunstâncias que levou a mãe a matar o bebê podem definir se o caso será considerado homicídio ou infanticídio.

Erico disse ainda que a Polícia Civil já colheu depoimento de uma pessoa que teria levado a garota e o corpo do bebê até às margens do Córrego das Pedras, onde o cadáver foi ocultado. “Estamos apurando qual é a participação desta pessoa, verificando se ele somente agiu somente ao ocultar este cadáver ou se fez outra coisa”, explicou.

Ainda de acordo com o delegado, a adolescente ainda atribui todo a culpa para si mesmo, falando que agiu totalmente sozinha. Erico contou também que a adolescente afirma que escondeu toda a gravidez, usando roupas largas e até cinta para que os pais não descobrissem a gestação.

Acompanhe o vídeo da matéria feita pelo PATOS NOTÍCIAS para o jornalismo da Band Triângulo:

Foto: Bruno Pires