TIROS: Caseiro reage a suposto assalto e mata homem que arrombou a porta

O crime aconteceu numa fazenda no município de Tiros (MG).

Igor Nunes
19/03/2019 - 19h26

TIROS: Caseiro reage a suposto assalto e mata homem que arrombou a porta

Um homem morreu após invadir a sede de uma fazenda e brigar com o caseiro do local. O fato aconteceu na zona rural de Tiros na tarde desta terça-feira (19/03). O caseiro foi conduzido pela delegacia.

Segundo a Polícia Militar de Tiros, os policiais foram informados pelo telefone 190 que na Fazenda Forno de Broa, havia sido encontrada uma suposta de vítima de homicídio, fato este confirmado após chegada e avaliação dos militares.

No local, foi notada a ocorrência de sinais de arrombamento nas portas e janelas da casa, além também de luta corporal entre duas ou mais pessoas. O local isolado até a chegada da perícia da Polícia Civil. 

O homem foi identificado como sendo Nelson Ferreira Sousa, 38 anos, contumaz na prática de crimes contra o patrimônio e envolvimento com drogas, o qual estava de "saidão" da Penitenciária Nossa Senhora do Carmo.

O caseiro da fazenda, de 54 anos, estava desaparecido, sendo ele então o principal suspeito do crime.

Iniciadas as diligências pela guarnição de Tiros com apoio de militares de São Gotardo e de Matutina, fizeram rastreamentos para tentar localizar o citado caseiro, para obter maiores informações sobre o fato. 

Foi feito contato com parentes e amigos dele, bem como com a proprietária da fazenda onde ele trabalha (local do crime).

Após intenso rastreamento e cruzamento de dados e informações, o caseiro foi encontrado numa estrada vicinal que liga a cidade de Tiros a uma região denominada Serra do Moinho.

O homem confessou ter matado Nelson e disse que o fez em legítima defesa, uma vez que ele invadiu a residência na madrugada, tendo este forçado as duas portas e arrombado uma janela, por onde adentrou na casa. 

Ressalta-se que o caseiro apresentava algumas lesões, provavelmente obtidas durante a luta corporal entre ele e a vítima. Foi também apreendida uma foice que ele portava no momento da abordagem.

O corpo da vítima para o IML em Patos de Minas. O caseiro foi atuado pela Polícia Civil pelo crime de homicídio e encaminhado para a penitenciária de Carmo do Paranaíba. 


  • Galeria