Novos projetos de prevenção deverão ser executados antes do Teatro Municipal Leão de Formosa voltar a funcionar

Até o momento, foram gastos R$ 86.945,90 na reforma do Museu de Patos de Minas.

28/02/2019 - 14h23

Novos projetos de prevenção deverão ser executados antes do Teatro Municipal Leão de Formosa voltar a funcionar

Atualmente, o Museu de Patos de Minas e o Teatro Municipal Leão de Formosa passam por melhorias, visando atender especialmente o projeto de prevenção e combate a incêndio e pânico, aprovado pelo Corpo de Bombeiros Militar. Os serviços estão sendo prestados pela empresa EdificarJP Engenharia e Construtora Ltda ME, da cidade de João Pinheiro, vencedora da licitação, conforme convênio e contrato nº 184/2017, concorrência nº 20/2016, processo de licitação nº 381/2016.

Até o momento, foram gastos R$ 86.945,90 (oitenta e seis mil novecentos e quarenta e cinco reais e noventa centavos) na reforma do Museu de Patos de Minas. Já no Teatro, ainda não foi gasto nenhum valor, tendo em vista que o projeto de incêndio ainda não se encontra executado, considerando as recentes alterações das normas de segurança contra incêndio procedidas pelo Corpo de Bombeiros. Dessa forma, a Prefeitura de Patos de Minas entendeu ser necessário complementar ações específicas na obra, visando à segurança, a integridade física e a comodidade dos artistas e público que frequentam aquele espaço cultural.

Tais ações complementares se referem às seguintes áreas: elétrica, hidráulica, acessibilidade, civil (reformas em geral), climatização, sonorização e cobertura metálica. Para que essas ações sejam executadas, faz-se necessário a contratação de projetistas aptos a elaborarem os respectivos projetos de cada área. Esse processo licitatório está, atualmente, sendo conduzido pela Secretaria Municipal de Planejamento. Assim que a elaboração dos projetos acima mencionados for concluída, será aberto um novo processo de licitação para que os serviços demandados possam ser executados por empresa especializada.

Tendo a precaução, a prevenção e a responsabilidade social como prerrogativas desta Administração Municipal, e considerando as impactantes tragédias ocorridas em espaços da cultura, do esporte e de eventos nos últimos anos, como foram os seguintes casos:

• incêndio na boate Kiss no ano de 2013, responsável pela morte de 242 pessoas, na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul, provocada pela imprudência e pelas más condições de segurança no local;

• incêndio ocorrido em 2018, que destruiu o Museu Nacional do Rio de Janeiro, espaço que continha instalações elétricas inadequadas e ausência de sistema de combate a incêndio;

• incêndio que tomou parte do alojamento do Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro, no começo deste ano de 2019, tendo o fogo iniciado nas instalações de ar condicionado, fazendo dez vítimas que dormiam no local. O alojamento em referência não tinha licença municipal para funcionamento.

A Prefeitura de Patos de Minas informa que o Teatro Municipal Leão de Formosa permanecerá temporariamente interditado para a realização de eventos, devendo voltar a funcionar somente após a conclusão das obras propostas e posterior aprovação e emissão do AVCB, que é o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros. Essa decisão é tomada em favor da segurança da população e em prol da preservação do espaço histórico e cultural que é o Teatro Leão de Formosa. Afinal, o Teatro Municipal é digno de se tornar uma casa mais aconchegante e segura, fazendo jus à sua rica história de grandes eventos já realizados em Patos de Minas.

Fonte e Fotos: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Patos de Minas