Rapaz de Patos de Minas é assassinado em estrada vicinal no município de Carmo do Paranaíba

O incidente ocorreu nesta última quinta-feira (21).

Vanderlei Gontijo
22/02/2019 - 09h58

Rapaz de Patos de Minas é assassinado em estrada vicinal no município de Carmo do Paranaíba

Um homem de 31 anos, morador da cidade de Patos de Minas, foi assassinado em uma estrada vicinal na localidade de Jardins, no município de Carmo do Paranaíba. De acordo com informações da Polícia Militar, inicialmente compareceu na manhã desta quinta-feira (21/02) à sede da 90ª Cia da Polícia Militar, um indivíduo relatando que na noite de quarta (20/02) por volta das 20h00, ele e a vítima teriam sido rendidos na zona rural por 2 indivíduos armados com revólveres, que inclusive, os suspeitos se encontravam com eles no veículo, que era conduzido pela vítima.

Fabrício Carlos da Silva, 32 anos, contou aos militares, inicialmente, que após serem retirados do veículo Fiat/Uno, cor cinza, os autores dispararam contra a vítima David Nunes de Matos, 31 anos. Com isso, os militares foram até o local do homicídio e depararam com a vítima caída ao lado da estrada, próximo ao veículo abandonado. Mas ao invés de tiros, o corpo apresentava várias perfurações feitas com objeto pontiagudo, provavelmente faca.

Neste momento, segundo o Tenente Jean, da Polícia Militar de Carmo do Paranaíba, diante das controvérsias apresentadas por Fabrício, foram realizados levantamentos juntamente com a PM de Patos de Minas, que chegaram até os fatos reais que levaram às motivações e autoria do crime. Em outra conversa com Fabrício, ele acabou relatando que estava em Patos de Minas, juntamente com a vítima e outros dois indivíduos, sendo que um deles é conhecido como “neguinho”, e que eles se encontraram num posto de combustível para irem até uma propriedade rural, na região de Major Porto, levar uma cesta básica.

Segundo o boletim de ocorrência, Fabrício contou que durante o trajeto, quando os quatro ocupantes do veículo chegaram à região conhecida como Jardins, o suspeito Paulo Júnior Pereira da Silva “neguinho” teria pedido a vítima David que parasse o automóvel para ele levar a cesta até a propriedade rural a pé, devido às más condições da estrada. Após 30 minutos o acusado voltou armado com um revólver calibre 38 e ao entrar no carro disse que iria matar David e Fabrício, e pediu para os dois desembarcarem e ajoelharem.

Neste momento, David e Fabrício teriam tentado negociar com os autores oferecendo a eles dinheiro e veículos para não serem mortos, mas o autor “neguinho” teria dito que não adiantava, pois havia sido contratado por um homem chamado Antônio Carlos Soares (tõe da cooperativa) e que realmente iria executá-los. Fabrício contou que neste momento tanto ele quanto David tentaram fugir da execução, mas que somente ele conseguiu escapar. Ele disse também que não acionou a polícia imediatamente por saber que o mandante do crime tem alto poder financeiro.

Em seguida a polícia descobriu que a morte pode estar ligada ao crime de carros roubados e clonados, sendo que a PM localizou na casa dde David um automóvel Corolla clonado que estava na garagem do apartamento e uma motocicleta que teria sido usado por Fabrício para ir ao encontro da vítima. Também foi preso o suposto mandante do crime “Tõe da Cooperativa”.

 Na casa dele foram  encontrados  diversos materiais usados para cometer crimes, entre eles, bloqueadores de sinal de rastreadores de veículos via satélite, lacres de uso exclusivo do DETRAN e documentos de carro, inclusive o do corolla que estava na garagem de David.

Diante dos fatos foram encaminhados para a delegacia de polícia Fabrício Carlos da Silva e Antônio Carlos Soares. Eles foram entregues ao delegado de plantão. Já o corpo de David Nunes Matos, 31 anos, foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) após o perito Felipe Guelber realizar os trabalhos técnicos da Polícia Civil, que poderão ajudar nas investigações do homicídio. Os suspeitos de terem matado com golpes de faca David não foram localizados até o final desta reportagem.


  • Galeria
  • Galeria
  • Publicidade
  • Galeria
  • Galeria
  • Publicidade
  • Galeria
  • Galeria
  • Publicidade
Fonte: Policia Militar de Carmo do Paranaíba
Fotos: Julio César