Mulher é presa após matar homem com golpes de canivete em São Gotardo

Silvano Moreno da Silva, 35 anos, natural de Pedreiras/MA, morreu durante uma discussão.

Caio Machado
11/12/2018 - 09h55

Mulher é presa após matar homem com golpes de canivete em São Gotardo

Uma mulher de 34 anos foi presa na noite desta segunda-feira (10) por suspeita de assassinar um homem de 35 anos com golpes de canivete no município de São Gotardo/MG.

Por volta das 21h30min, a Polícia Militar (PM) foi informada via 190 que havia ocorrido um homicídio no Bairro Boa Esperança.

Uma equipe policial deslocou até o local e deparou com uma testemunha aos prantos e com a vítima Silvano Moreno da Silva, 35 anos, natural de Pedreiras/MA, deitado no chão da cozinha.

A ambulância estava no local, sendo constatado o óbito da vítima pela equipe de socorristas, sendo o perito de plantão acionado.

Uma testemunha relatou que Maria Domingas Pereira de Sousa, 34, natural de Santa Luzia/MA, que morava com ela e o marido, iniciou uma discussão com Silvano, apoderou-se de um canivete e desferiu diversos golpes contra a vítima.

Em ato contínuo, a suspeita evadiu, tomando rumo ignorado. Diante disso, a PM iniciou rastreamentos para localizar Maria.

Mais tarde, em decorrência das diligências, foram levantadas informações de que a suspeita encontrava-se em uma residência situada na Av. Rui Barbosa, Bairro Nossa Senhora de Fátima.

De imediato a PM foi até o local, e a suspeita foi localizada e presa em flagrante delito, confessando o crime.

Maria Domingas foi conduzida até o Quartel Policial juntamente com a arma branca apreendida, sendo posteriormente encaminhada à Delegacia de Polícia Civil.

Sobre a motivação do crime, Maria disse que Silvano havia agredido a esposa e jogado um prato de comida fora. Ao adverti-lo, ele a agrediu e ela pegou o canivete e desferiu os golpes.

A perícia técnica compareceu ao local do crime e realizou os trabalhos, encaminhado o corpo da vítima ao IML em Patos de Minas.