Presidente Olegário: Crise faz prefeito suspender o próprio salário, do vice e secretários

Além da redução dos salários, o governo municipal disse estar trabalhando para economizar outros gastos da gestão podendo ser revistos para diminuir das despesas.

13/11/2018 - 10h09

Presidente Olegário: Crise faz prefeito suspender o próprio salário, do vice e secretários

O decreto foi assinado nesta segunda-feira (12) e vale por 90 dias. Com a decisão:

Conforme dados fornecidos pela Associação Mineira dos Municípios AMM, a dívida do estado com o município atingiu R$ 6.246.226,03 (seis milhões, duzentos e quarenta e seis mil, duzentos e vinte reais e três centavos), o que compromete a receita do município, obrigando o prefeito a tomar tais medidas compensatórias para contensão de despesas e manutenção do equilíbrio econômico-financeiro.

Além da redução dos salários, o governo municipal disse estar trabalhando para economizar outros gastos da gestão podendo ser revistos para diminuir das despesas.

O salário dos secretários foi reduzido em 20% e do vice prefeito foi de 50%.

Os responsáveis pelas medidas informou ainda que os serviços básicos como saúde, educação, limpeza urbana e manutenção de estradas deverão ser preservados durante o período de vigência do presente decreto.

Leia o decreto na íntegra clicando aqui.

Fonte e Fotos: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Presidente Olegário