GAECO Patos de Minas deflagra Operação Canaã II

A operação contabiliza até o momento o cumprimento de 120 mandados em três Regiões da Polícia Militar.

17/10/2018 - 09h35

GAECO Patos de Minas deflagra Operação Canaã II

Na manhã desta quarta-feira (17), o GAECO Patos de Minas deu início a Operação Canaã II, segunda fase da Operação Canaã, que havia sido deflagrada há menos de um mês, cujas investigações foram iniciadas há mais de nove meses.

O nome da operação é uma analogia entre a cidade bíblica de Canaã e Patos de Minas, reconhecendo a cidade como um “excelente lugar para se viver”. 

Além de mandados cumpridos e flagrantes de pelo menos dez investigados antes mesmo da deflagração, na fase anterior foram cumpridos 34 mandados de busca e apreensão e 33 mandados de prisão.

Nesta data serão cumpridos mais 34 mandados de busca e apreensão e 19 mandados de prisão nas cidades de Patos de Minas, São Gonçalo do Abaeté, Pirapora, Buritizeiro e Uberlândia. 

A operação contabiliza até o momento o cumprimento de 120 mandados em três Regiões da Polícia Militar, com notáveis reflexos em grande parte do Estado de Minas Gerais.

A operação conta com esforço conjunto do Poder Judiciário da Comarca de Patos de Minas, do Ministério Público de Minas Gerais, da Polícia Militar de Minas Gerais – em especial, da 10ª Região da Polícia Militar.

A inciativa é parte do Projeto do Ministério Público de Minas Gerais e 10ª Região da Polícia Militar, cujo objetivo é o combate sistemático às influências externas do tráfico de drogas ilícitas, impedindo a articulação de Organizações Criminosas especializadas também em crimes contra o patrimônio e porte/comércio ilegal de armas de fogo.

Portanto, o conjunto de iniciativas promete impactar favorável e significativamente os índices criminais como hodiernamente já é possível detectar.


  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
Fonte: GAECO Patos de Minas
Imagens: Bruno Pires e GAECO