Prazo paro o Cadastramento Escolar 2018/2019 termina nesta sexta-feira

O cadastramento teve início no dia 24 de setembro e vai até essa sexta-feira (05).

03/10/2018 - 11h08

Prazo paro o Cadastramento Escolar 2018/2019 termina nesta sexta-feira

O Cadastramento Escolar 2018/2019 já começou e é importante que os pais ou responsáveis não deixem para procurar as escolas ou CMEI mais próximo de suas residências na última hora. O cadastramento teve início no dia 24 de setembro e vai até essa sexta-feira (05). A Secretária Municipal de Educação em exercício, Denise Barros, informou que o cadastramento é destinado aos alunos que vão começar a estudar nos Centros Municipais de Educação Infantil e nas Escolas Municipais ou que estão se transferindo de escolas particulares.

Nos CMEIs poderão realizar o cadastramento, crianças de seis meses a três anos completos até 31 de março de 2019. Nas escolas municipais, o procedimento é reservado às crianças que completam quatro anos até 31 de março de 2019, crianças que completam cinco anos até 31 de março de 2019 e não se encontram matriculadas no 1º Período da Educação Infantil e crianças que completam cinco anos até 30 de junho de 2019 matriculadas no 1º Período da Educação Infantil na Rede Privada e querem estudar na Rede Municipal de Ensino.

A secretária informou ainda que o Cadastramento possibilitará que o Município realize uma análise do fluxo escolar, da capacidade física das escolas, buscando contabilizar a demanda e oferta de vagas na rede municipal de ensino. “É muito importante que os pais procurem as escolas e CMEIS e façam o cadastramento de seus filhos o quanto antes, evitando transtorno e filas, gerado por aqueles que deixam para última hora”, destacou a secretária.

Para realizar o cadastramento, os pais ou responsáveis deverão procurar o CMEI ou Escola Municipal mais próximo a sua residência, munidos de certidão de nascimento da criança, carteira de identidade e CPF do aluno (se possuir), conta de luz referente ao consumo do mês anterior a efetivação da matrícula, RG e CPF do pai/mãe ou declaração de guarda emitida pelo Juizado da Infância e Juventude para as crianças que convivem com responsáveis; número de Identificação Social - NIS (se possuir) e número do cartão SUS. Nos CMEI, os responsáveis também deverão levar o cartão de vacina da criança, carteira de trabalho, declaração que comprove vínculo empregatício ou comprovante de que atua como microempreendedor individual.


  • Galeria
Fonte e Fotos: ASCOM Prefeitura de Patos de Minas