Público patense se emociona com recital de violoncelo e piano do Projeto Terra Sem Sombra

Num comovente espetáculo, Robson Fonseca (cello) e Míriam Bastos (piano) apresentaram obras de música clássica nacional e europeia.

03/09/2018 - 11h30

Público patense se emociona com recital de violoncelo e piano do Projeto Terra Sem Sombra

O duo de violoncelo e piano composto pelos músicos Robson Fonseca e Miriam Bastos se apresentou para centenas de patenses na Catedral de Santo Antônio no último sábado (1º), durante a temporada 2018 do Projeto Terra Sem Sombra.

O recital com cerca de uma hora de duração, emocionou o público e contou com obras do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos, do russo Dmitri Shostakovitch, do alemão Robert Schumann, dentre outros.

A reverberação natural da igreja matriz colaborou para a propagação do som. Com a execução das canções, os ouvintes foram envolvidos em uma atmosfera musical que oscilava entre temas, ora alegres, ora introvertidos, porém sempre pulsantes e cativantes.

O violoncelista Robson Fonseca é de São João Del Rei, estudou música no Brasil, na Alemanha e nos Estados Unidos. Atualmente o músico é o principal violoncelista da Orquestra Ouro Preto e integra a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

Já a pianista Míriam Bastos é de Belo Horizonte, estudou piano pela UFMG, fez mestrado em música brasileira na Uni-Rio e doutorado em música também pela UFMG. É coordenadora do centro de extensão da Escola de Música da UEMG e fundadora do Projeto Terra Sem Sombra.

Robson Fonseca e Miriam Bastos tocam juntos desde 2015. De lá pra cá, se apresentaram em diversos palcos de Belo Horizonte e até mesmo em um concerto em homenagem a Villa-Lobos, na Academia de Ciências de Belgrado, na Sérvia, ao lado da violinista Marija Mihajlovic.

Na última sexta-feira (31), os músicos também se apresentaram para alunos no Colégio Nossa Senhora das Graças e o recital contou com a participação do estudante de piano Henrique Daniel de Souza.

Apresentado pelo Ministério da Cultura e possibilitado pela Lei de Incentivo à Cultura, o Projeto Terra Sem Sombra ocorre há mais de dez anos em Patos de Minas e já promoveu diversos concertos com músicos brasileiros e estrangeiros.

Dirigido artisticamente por Miriam Bastos e produzido por Luana Romão, o Projeto Terra Sem Sombra é patrocinado pelas empresas Ditrasa, DB, Produtos Sano, Medic Imagem e Coferpa. Em 2018, a meta da iniciativa cultural é de se expandir para distritos e municípios da região.


  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
Texto e fotos: Caio Machado