Jovem de 19 anos é morto esfaqueado após festa no Bairro Gramado

A vítima estava na casa da namorada e saiu para reclamar da bagunça na festa do vizinho, momento que foi morto por um frequentador do local.

01/09/2018 - 07h45

Jovem de 19 anos é morto esfaqueado após festa no Bairro Gramado

Nesta madrugada de sábado (01-09), um rapaz de 19 anos identificado como Gabriel Moreira da Silva, foi morto a facadas no meio da rua durante após o termino de uma
Festa. Geovani Belizardo da Silva, 24 anos,  suspeito  de ser o autor do crime foi preso pela Polícia Militar. A vitima teria reclamado da bagunça de uma festa em uma casa na Rua Vereador Olegário Pereira Maciel no Bairro Gramado. 

Segundo a Polícia Militar a ocorrência começou com um chamado de  uma perturbação de sossego. Os militares foram ao local e orientaram a responsável da casa a qual se prontificou abaixar o volume do som. Cerca de 80 pessoas estavam na casa e participavam da festa que tinha cobrança de ingresso no valor de R$ 10,00 para entrar.

Após serem orientados, os militares saíram do local e depois de algum tempo, os militares foram novamente acionados e no local devido a continuidade da perturbação. A Polícia Militar retornou e realizou a prisão da responsável pela festa e a apreensão do aparelho de som. Segundo moradores da região, a casa teria sido emprestada para realização da festa. 

Os participantes foram orientados a sair do local  pela Polícia Militar. Passados mais alguns instantes, os militares foram novamente acionados para abordar algumas pessoas  que saíram da festa e que estavam em atitude suspeitas nas proximidades.  

Durante os trabalhos, os militares receberam informações que um homem foi esfaqueado após uma discussão em via pública. Imediatamente, os militares deslocaram para o local e depararam com a vítima Gabriel  sem vida todo esfaqueado. 

Geovani Belizardo da Silva suspeito de ser o o autor do crime fugiu do local em um carro GM/Astra de cor preta. Os militares fizeram um intenso rastreamento, e no Bairro Nova Floresta, o suspeito foi localizado  e preso dentro de carro VW/Golf que pertence a um amigo. Os militares apreenderam a faca utilizada no crime e outros objetos como um taco de beisebol e uma peça de ventilador. que segundo testemunhas a vítima estava usando para se defender das agressões.

A namorada da vítima, uma garota ficou ferida. Ela sofreu uma lesão na face, provavelmente ocasionada por um chute que levou durante a confusão. Gabriel foi morto ao reclamar da bagunça que acontecia na porta da casa da namorada dele. 

Outras três pessoas foram levadas  para a delegacia para prestar mais esclarecimentos do crime. Na delegacia, o suspeito Geovani Belizardo da Silva, falou que estava com a faca na cintura durante a festa e que apenas se defendeu das agressões que estava recebendo da vítima.
O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Patos de Minas. Segundo o delegado Erico Rodovalho, esta foi a 16ª morte violenta registrada em 2018 no município de Patos de Minas.


  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
Fotos e Informações: Toninho Cury