SENAR e Sindicato promovem curso de Equitação a produtores rurais de Presidente Olegário

Durante quatro dias, os participantes do curso aprenderam técnicas para lidar com os cavalos que auxiliam no trabalho rural, especialmente no manejo do gado.

Assessoria de Comunicação SENAR
01/06/2016 - 09h52

Produtores rurais de Presidente Olegário, na região do Alto Paranaíba, fizeram o curso de Equitação, ofertado pelo Senar Minas, no parque de exposições.

Durante quatro dias, os participantes do curso aprenderam técnicas para lidar com os cavalos que auxiliam no trabalho rural, especialmente no manejo do gado. “O curso é para os cavaleiros, mas na verdade também prepara os animais para receber os comandos”, ressaltou a mobilizadora do Sindicato, Iolanda Corrêa.

Wale Fernandes, de 37 anos, tem cerca de duzentas cabeças de gado, na fazenda Três Barras, a menos de cinco quilômetros de Presidente Olegário. Ele e o irmão herdaram do pai o gosto por bovinos da raça nelore. Três vezes por semana, precisam levar o gado ao curral, para ver de perto o desenvolvimento dos animais. “Manejar duzentas cabeças de gado sem estar num cavalo seria impossível”, diz o produtor rural.

Apesar da experiência adquirida ao longo dos anos, Wale confessa que aprendeu muito no curso de Equitação. “Muita coisa que a gente fazia estava errado. Todos os cursos que tiverem agora, eu quero fazer”.

E pelo que diz a mobilizadora do sindicato, Wale não é o único. “Essa mesma turma de produtores rurais já fez o curso de Casqueamento, no mês passado, agora o de Equitação, e já está marcado o de Doma para o próximo mês”.

Segundo o gerente do Senar em Patos de Minas, Sérgio de Carvalho Coelho, “o rebanho equino de Minas Gerais é o maior do país, e os profissionais desse ramo tem recebido vários dos cursos ofertados pela instituição em toda região, bem como no estado”. 

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias