PSOL/Patos de Minas discute efetivação de direitos e se apresenta como nova alternativa política

O evento realizado domingo (13/03), reuniu filiados e interessados, contando com a presença de Manoel Cipriano, Secretário Geral do PSOL/MG.

15/03/2016 - 10h19

PSOL/Patos de Minas discute efetivação de direitos e se apresenta como nova alternativa política

No último domingo (13/03), o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Patos de Minas, promoveu uma conversa com filiados, simpatizantes e interessados sobre "A atividade política como exercício da cidadania". O evento, de caráter livre, foi realizado no Parque do Mocambo e contou com a presença do Secretário Geral do PSOL/MG, Manoel Cipriano. O evento se deu em três momentos: 1) um olhar sobre a realidade local, 2) a construção e consolidação dos direitos de cidadania na perspectiva da sociedade moderna e 3) uma proposta política como alternativa para Patos de Minas.

Cerca de 20 jovens estiveram presentes, contribuindo e debatendo sobre: a realidade da política local, a gestão dos recursos da cidade, a confusão entre o público e o privado no município, a atual conjuntura política nacional, a aversão à política, a falta de participação popular no exercício da política municipal, a falta de representatividade em relação às minorias, a pouca e quase inexistente presença de movimentos sociais organizados na cidade, a ênfase na cidade como lugar de debate e da efetivação dos direitos, entre outros tópicos.

Segundo Guilherme Lucas Ferraz Costa de Oliveira, estudante de Psicologia, “o evento permitiu que todos pudessem ter voz e dar sua opinião sobre a realidade local, contribuindo, cada um com seu recorte, para a construção de um cenário mais detalhado acerca da cidade. Alguns dos assuntos abordados foram a questão da desigualdade contrastante, visível na comparação entre os bairros da cidade, assim também como a baixa participação das mulheres no cenário político de Patos de Minas”.

Manoel Cipriano destacou que “neste momento em que se busca, nas ruas, uma saída para a situação do país, esse encontro trouxe uma contribuição para o fortalecimento dos participantes, no sentido de impulsioná-los para colocar Patos de Minas como centro de discussão da cidade que temos e da construção da cidade que queremos”.

Por fim, o PSOL Patos de Minas convida aqueles e aquelas que acreditam ser possível, juntos, pensar e construir uma cidade mais justa, mais fraterna, mais igualitária e mais participativa. 

Fonte e Fotos: PSOL/Patos de Minas