Candidatos que farão o concurso público no domingo deverão ficar atentos ao início do horário de verão

A 0h deste domingo começa o horário brasileiro de verão; preparem-se, relógios deverão ser adiantados em 1 hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Aislan Henrique / Patos Agora
17/10/2015 - 12h43

Candidatos que farão o concurso público no domingo deverão ficar atentos ao início do horário de verão

Além da expectativa de fazer uma boa prova neste domingo (18), os milhares de candidatos inscritos no concurso público da Prefeitura de Patos de Minas para preenchimento das 365 vagas oferecidas para diversos cargos da administração deverão se preocupar também com o início do horário brasileiro de verão. O ponteiro do relógio deverá ser adiantado em 1 hora no sábado à noite, mais precisamente a 0h de domingo.

Segundo a Consulplan, empresa gestora do concurso, a aplicação das provas objetivas está prevista para começar as 8h30 as 11h30 (período da manhã), e 14h30 às 17h30 (período da tarde). Mas os candidatos deverão chegar com 60 minutos de antecedência.

Para quem é de outra cidade ou estado a orientação é para que a pessoa conheça o local de prova antes. É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de realização das provas e comparecimento no horário determinado.

O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização da prova objetiva munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, do comprovante de inscrição e de documento de identidade original.

Não será permitida, durante a realização da prova, a comunicação entre os candidatos nem a utilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta, protetor auricular, lápis, borracha ou corretivo. Especificamente, não será permitido o candidato ingressar na sala de provas sem o devido recolhimento, com respectiva identificação, dos seguintes equipamentos: bip, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, ipod, ipad, tablet, smartphone, mp3, mp4, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, relógio de qualquer modelo etc., o que não acarreta em qualquer responsabilidade da CONSULPLAN sobre tais equipamentos. No caso do candidato, durante a realização da prova, ser surpreendido portando os aparelhos eletrônicos citados, será automaticamente lavrado no Termo de Ocorrência o fato ocorrido e ELIMINADO automaticamente do processo de seleção. Para evitar qualquer situação neste sentido, o candidato deverá evitar portar no ingresso ao local de provas quaisquer equipamentos acima relacionados.

Quando do ingresso na sala de aplicação de provas, os candidatos deverão recolher todos os equipamentos eletrônicos e/ou materiais não permitidos em envelope de segurança não reutilizável, fornecido pelo fiscal de aplicação, que deverá permanecer lacrado durante toda a realização das provas e somente poderá ser aberto após o candidato deixar o local de provas. A CONSULPLAN recomenda que o candidato não leve nenhum dos objetos citados no item anterior, ao local de realização das provas.

O candidato é responsável pela conferência de seus dados pessoais registrados nos instrumentos de aplicação do Concurso, em especial seu nome, seu número de inscrição e o número de seu documento de identidade.

Não serão aplicadas provas em local, data ou horário diferentes dos predeterminados em edital ou em comunicado.
O candidato deverá permanecer obrigatoriamente no local de realização das provas por, no mínimo, 90 (noventa) minutos após o seu início, período a partir do qual poderá deixar o local de provas, sem portar, contudo, seu caderno de provas.

O candidato somente poderá retirar-se do local da aplicação levando consigo o caderno de prova objetiva a partir dos últimos 30 (trinta) minutos destinados para realização do concurso.

Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala só poderão sair juntos, após entregarem ao fiscal de aplicação os documentos que serão utilizados na correção das provas. Estes candidatos poderão acompanhar, caso queiram, o procedimento de conferência da documentação da sala de aplicação, que será realizada pelo Coordenador da unidade, na Coordenação do local de provas.

Caso algum dos candidatos citados no item anterior insista em sair do local de aplicação antes de autorizado pelo fiscal de aplicação, deverá assinar termo desistindo do Concurso e, caso se negue, será lavrado Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros candidatos, pelo fiscal de aplicação da sala e pelo Coordenador da unidade de provas.

Confira os locais de prova:

Abílio Caixeta de Queiroz
Rua Francisco de Assis Sabino, 221
Alvorada

E. E. Abner Afonso
Rua Dona Queta, 185
Nossa Senhora das Graças

E. E. Adelaide Maciel
Rua Rio Grande do Norte, 554
Cristo Redentor

E. E. Cônego Getúlio
Rua Ana de Oliveira, 110
Centro

E. E. Deiró Eunápio Borges
Rua Randolfo Alves Teodoro, 161
Sebastião Amorim

E. E. Dona Guiomar de Melo
Rua Dona Maria Resende, 57
Vila Garcia

E. E. Dr. Paulo Borges
Rua João Carlos Cunha, 58
Novo Horizonte

E. E. Marcolino de Barros
Av. Getúlio Vargas, 367
Centro

E. E. Professor Antônio Dias Maciel
Av. Getúlio Vargas, 45
Centro

E. E. Professor Elza Carneiro Franco
Rua Escolastica Alves Landim, S/N
Santo Antônio

E. E. Professor Modesto
Rua Araguari, 128
Rosário

E. E. Professor Zama Maciel
Rua Prefeito Camundinho, 651
Centro

E. E. Santa Terezinha
Av. Paranaíba, 1061
Brasil

E. M. Norma Borges Beluco
Rua Elizelma Pereira da Silva, 150
Jardim Céu Azul

E. M. Prefeito Jacques Correa da Costa
Rua São Geraldo, 61
Lagoinha