Safra mineira de sorgo deve alcançar 517,4 mil toneladas

Feijão e girassol também apresentam estimativas positivas.

10/06/2014 - 23h59

Safra mineira de sorgo deve alcançar 517,4 mil toneladas

A produção mineira de sorgo, na safra 2013/14, deve somar 517,4 mil toneladas, informa a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). De acordo com avaliação da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), o crescimento estimado da safra é de 9,6%, devido à produtividade de 3,1 toneladas por hectare, equivalente a um acréscimo de 8%.
O secretário André Merlo observa que, na produção de sorgo, obtida praticamente sem aumento da área plantada (166,2 mil hectares), Minas mostra superioridade em relação à média do Brasil. “De acordo com a estimativa da Conab, a safra nacional deve alcançar 2,1 milhões de toneladas, crescimento de 2,3%”.
A cultura do sorgo em Minas, desenvolvida em áreas onde foi colhida a soja,  beneficiou-se de chuvas que reduziram o impacto da estiagem nas lavouras. Merlo observa que “a perspectiva de aumento da produção de sorgo interessa principalmente aos avicultores e suinocultores, pois o produto continua na condição de um bom ‘coadjuvante’ do milho na formuilação de ração para aves, suínos e bovinos”.
 
Tecnologia e boas práticas
Para o feijão, a estimativa da Conab na safra atual é de uma produção de 596 mil toneladas em Minas Gerais. Variação positiva de 5,5% em relação ao volume registrado no período anterior. As lavouras de feijão também se beneficiam da melhoria da produtividade, sendo o rendimento de 1,5 toneladas por hectare, aumento de 14,9% em relação à safra 2012/13.
Já as lavouras mineiras de girassol devem apresentar uma produção de 17 mil toneladas, aumento de 29,8% em relação à safra de 2012/2013. O rendimento das lavouras é de 1,5 tonelada por hectare, equivalente a um salto de 25,8% na comparação com o registrado na safra anterior. A área plantada de girassol, no Estado, é de 11,3 mil hectares, neste caso uma expansão da ordem de 3% em relação à registrada no período 2012/13.
O girassol se destina, em parte, à indústria de óleo comestível e à alimentação de bovinos, atende também à produção de biocombustível e à alimentação de aves ornamentais. Os agricultores apostam na cultura por meio de tecnologia e boas práticas de produção que têm favorecido o aumento da produtividade.
 
Grãos de Minas
2013/14 x 2012/13 
Sorgo: 517,4 mil t (+9,6%)
Rendimento 3,1 t/ha (+ 8%)
Feijão: 596 mil t(+5,5%)
Rendimento: 1,5 t/ha (14,9%)
Girassol: 17 mil t(+ 29,8%)
Rendimento: 1,5 t/ha (+25,8%)
 
Fonte: Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais – Assessoria de Comunicação Social

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias