Deu a vida por seu filho: Mãe entra na frente de assassino e morre baleada

01/11/2009

Para se vingar da morte do irmão, o tratorista Célio Roberto veio até Patos de Minas para matar Reginaldo Barbosa. Quando o autor sacou a arma, a mãe da Reginaldo entrou na frente para protegê-lo e morreu baleada.

Célio Roberto saiu de Monte Carmelo para cometer o crime. (Foto: Lindomar Tavares/Patos Urgente)

Célio Roberto saiu de Monte Carmelo para cometer o crime. (Foto: Lindomar Tavares/Patos Urgente)

Uma mulher de 42 anos morreu na manhã deste domingo (01) tentando defender o filho. Rosangela Barbosa da Silva, de 42 anos, levou um tiro no peito, chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.


O crime aconteceu por volta de 07h da manhã. O tratorista Célio Roberto da Silva, de 30 anos, saiu de Monte Carmelo para se vingar da morte de seu irmão, Celso André da Silva, 26 anos, que aconteceu no final de 2008 e que supostamente teria sido cometido por Reginaldo Barbosa Silva, de 22 anos.


Célio chegou até a casa da namorada do acusado e obrigou que ela o levasse até a casa de Reginaldo. Chegando ao local, ele parou sua motocicleta bem na esquina e foi com a namorada de seu desafeto até a casa dele.


No local, Célio mandou pediu para que a mãe de Reginaldo o chamasse. Quando seu alvo apareceu, ele sacou a arma e atirou três vezes. Desesperada, a mãe de Reginaldo entrou na frente da arma e levou um tiro no peito. O autor ainda atirou mais duas vezes, acertando os braços de Reginaldo. Ambos foram socorridos até o Hospital Regional Antonio Dias, mas Rosangela não resistiu e morreu logo depois. Reginaldo passa bem.


Uma viatura da PM, comandada pelo CB Jeferson e o CB Vagno, passava pela esquina onde Célio havia deixado a moto e estranhou a maneira que ela havia sido estacionada. Ao virar a esquina, os policiais ouviram os tiros e avistaram o autor saindo correndo de uma residência em direção a moto.


Os militares fizeram a abordagem de Célio que ainda estava de posse da arma do crime. Ele foi preso em flagrante e encaminhado até a delegacia.


 

Autor: Igor Nunes - Foto: Lindomar Tavares/Patos Urgente

Comentários

  • Romerito | 03/11/2009

    E, antes que me esqueça...! Vê se aprende a escrever antes de postar um comentário num site de respeito! Analfabeto!!!

  • Romerito | 03/11/2009

    No mínimo vc deve ser amigo do pilantra que levou uns tiros, não é? Pena a mãe do mala que morreu de graça!

  • sizara | 01/11/2009

    e lamentavel esta justiça com as proprias maos .esse verme ai deve apodrecer na cadeia ,mas olha o que ele vai falar..legitima defesa...sera que ainda tem advogado intressado no cso deste louco...e psicopata a sangue frio sete horas da manha...pau nele la satiraoo quero ver ele bravo la...justiça seja feita....deve pagar....pelo menos setenta anos de cadeiao para aprender...respeitar o ser humano..vai ser coleguinha do pombinho assanino de professor...quero ver esses dois doente apodrecer na cadeia...

Comentar Notícia

PUBLICIDADE

VIDEOS

PATOS NOTÍCIAS| Patense vence concurso de desenho contra homofobia

20/06/2014

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

AGENDA
FOTOS
AGRONEGÓCIO

PARCEIROS