Assassino que espancou e cortou o pescoço da vítima é condenado a 13 anos de prisão

26/04/2012

O crime aconteceu em 2010 e segundo o Ministério Público, foi provocado por ciúmes.


 



Em setembro de 2010, um crime bárbaro chocou a opinião pública em Patos de Minas. Um jovem de 22 anos foi espancado e morto com um corte profundo no pescoço. O acusado do homicídio, Alexandre Vinícius de Paula Rosa, de 21 anos, foi julgado na tarde desta quarta-feira (25) pelo Tribunal de Júri. Ele foi considerado culpado e condenado a 13 anos e seis meses de detenção em regime fechado.


O assassinato aconteceu no dia 17 de dezembro de 2010. O corpo de Rodrigo Silva Castro foi encontrado no chão em frente a uma casa na Rua Prefeito Camundinho. Alexandre foi preso dias após o homicídio. Segundo a polícia, ele cometeu o crime por ciúmes, já que a vítima estaria se relacionando com a ex-namorada dele.


Durante o julgamento, o advogado de defesa, Gustavo Virgílio, disse que Alexandre tinha uma relação conturbada com Rodrigo e que chegou a agredi-lo naquela noite, porém, não o assassinou.


Virgílio alegou que seu cliente abandonou a vítima ferida e foi embora. No entanto, os jurados concluíram que o jovem foi responsável pela morte do rival. 


Diante da condenação, Alexandre Vinicius vai continuar preso no Presídio Sebastião Satiro, onde se encontra desde à época do crime.

Autor: Redação - Fonte: Patos Hoje - Fotos: Eduardo Santoro

Comentários

  • Nenhum Comentário.

Comentar Notícia

PUBLICIDADE

VIDEOS

PATOS NOTÍCIAS| ONG oferece apoio a pacientes com câncer

10/04/2014

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

AGENDA

PARCEIROS